Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

POPSTAR

Ao vivo, Murilo Rosa dá beijaço, mas vai para a repescagem

Reprodução/TV Globo

Murilo Rosa fez o cantor romântico e beijou a mulher, mas foi para a repescagem do Popstar - Reprodução/TV Globo

Murilo Rosa fez o cantor romântico e beijou a mulher, mas foi para a repescagem do Popstar

REDAÇÃO

Publicado em 23/7/2017 - 14h21
Atualizado em 23/7/2017 - 14h32

A primeira edição ao vivo do Popstar, na tarde deste domingo (23), transcorreu sem grandes problemas. Escalada para abrir o programa, a atriz Marcella Rica fez um apelo para que o mundo tenha mais amor. Murilo Rosa entregou esse amor com um beijaço na mulher, mas não recebeu o carinho do público de volta e foi para a repescagem com Alex Escobar.

Criticados por distribuírem estrelas no primeiro programa, os especialistas foram mais exigentes desta vez. As apresentações de Rosa e de Marcello Melo Jr., por exemplo, receberam apenas três estrelas. Os jurados foram Luiza Possi, Mumuzinho, Maiara, Maraisa, Toni Garrido, Tiago Leifert, Gaby Amarantos, Júnior Lima, Preta Gil e João Marcello Bôscoli.

Lanterninha da competição, Marcella Rica foi a primeira a subir ao palco ao vivo. Ela cantou Máscara, de Pitty. "A gente precisa se amar. O mundo tem muita violência e a gente precisa de mais amor", pediu ela.

Em seguida, Eduardo Sterblitch recebeu aplausos com a música Adoro Amar Você, sucesso de Daniel. "Cantar é muito difícil, eu tenho muito medo de ter um refluxo no meio da apresentação", brincou.

O ator Lúcio Mauro Filho homenageou Roberto Carlos e Tim Maia com sua versão de Não Vou Ficar. "Você já é um popstar", elogiou Luiza Possi. O eterno Tuco de A Grande Família foi tão envolvente que Mumuzinho e Toni Garrido se esqueceram de apertar o botão para ele, que ficou com oito estrelas.

Fabiana Karla honrou as raízes nordestinas com Eu Só Quero um Xodó, de Dominguinhos. "Ela é a cara do Brasil. Eu acompanho como ela leva a carreira de cantora", apontou Gaby Amarantos.

Érico Brás voltou a cantar em espanhol _depois de Chantaje, da cantora Shakira, ele apostou no hit do momento, Despacito. Apenas cinco dos especialistas aprovaram a apresentação. "Estava mais focado em entreter e titubeou. Tecnicamente pecou", criticou Júnior Lima. "Eu cantei pra galera de casa, acho que eles gostaram", rebateu.

Thiago Fragoso se arriscou no inglês com Sugar, da banda norte-americana Maroon 5. Toni Garrido elogiou a capacidade do ator de ir das notas mais graves para o falsete sem perder o tom.

Murilo Rosa incorporou o romantismo de Fábio Jr. com Eu Me Rendo. No meio da apresentação, desceu do palco e lascou um beijo na mulher, Fernanda Tavares. Mas ganhou apenas três das dez estrelas possíveis. "Cantar Fábio Jr. é uma escolha que eu não faria", detonou João Marcello Bôscoli.

A apresentadora Sabrina Parlatore também fez valer as aulas de inglês e cantou Love Yourself, do canadense Justin Bieber. "A gente que é da música sempre fica receoso quando ouve que fulano está cantando. Mas eu fiquei muito feliz de ver a Sabrina cantando com uma lágrima na voz", disse Luiza Possi.

Integrante de uma banda que homenageia David Bowie, André Frateschi interpretou Modern Love, do camaleão do rock. "Isso não vale! Ele conhece de trás pra frente, fez o que quis com a música!", apontou Tiago Leifert _que deu a estrela mesmo assim.

A mineira Mariana Rios apostou no sertanejo romântico da dupla Matheus & Kauan, com a música Que Sorte a Nossa. "Esse final foi muito Zizi Possi", comparou Luiza. "A Mariana já é cantora, e sertaneja também", elogiou Maiara.

Rafael Cortez foi de A Minha Menina, hit de Jorge Ben Jor, para tentar conquistar o público. Ele dedicou a apresentação para a namorada. "Você tem uma namorada, estou chocado", brincou Tiago Leifert, que pediu para que Cortez rebolasse mais.

O ator Marcello Melo Jr. rebolou ao som de Mandou Bem, da banda Jota Quest, e foi criticado. "Ele poderia tentar desconectar da dança, a gente já sabe que ele é bom nisso. Podia focar na música", disse Preta Gil.

Elogiado nas apresentações anteriores, Claudio Lins interpretou Fé Cega, Faca Amolada, de Milton Nascimento. "Eu não votei 'não', só não votei 'sim'. É uma responsa carregar o sobrenome de um músico famoso", disse Luiza Possi, que explicou sua falta de voto: "Não consegui me emocionar, achei técnico demais".

Para encerrar a tarde, o popular Alex Escobar levantou os jurados com Deixa a Vida me Levar, de Zeca Pagodinho. Porém, recebeu apenas quatro estrelas. "Estou brigando com uma gripe terrível. Mas não é desculpa, fiz o melhor que pude", disse.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?