Apagão Analógico

TV digital é adiada pela terceira vez no interior de SP; Porto Alegre também atrasa

Reprodução/RBSTV

Antenistas em curso para instalação de TV digital promovido pelo Senai em Porto Alegre - Reprodução/RBSTV

Antenistas em curso para instalação de TV digital promovido pelo Senai em Porto Alegre

REDAÇÃO - Publicado em 30/01/2018, às 16h31

A TV 100% digital em Franca e Ribeirão Preto, importantes cidades do interior do Estado de São Paulo, foi adiada pela terceira vez. Previsto inicialmente para o final de setembro, depois para 29 de novembro e por último para esta quarta (31), o apagão analógico foi reagendado para 21 de fevereiro.

A decisão foi tomada nesta terça-feira, em Brasília, por representantes das emissoras, do governo e das companhias telefônicas. Nas duas cidades e arredores, o índice de televisores e conversores digitais, segundo pesquisa feita pelo Ibope neste mês, é de 89%. Para ocorrer o apagão analógico, é preciso atingir 93% (com dois pontos de margem de erro). 

Capitais em que a Globo tem predomínio maior do que em outras metrópoles, Porto Alegre e Florianópolis também tiveram o desligamento dos transmissores analógicos adiados.

A capital catarinense, com 89% de digitalização, terá o apagão em 28 de fevereiro. Já Porto Alegre, com 88% das casas com TVs ou conversores digitais, só registrará a troca definitiva de tecnologia em 14 de março. Na primeira, a Globo tem participação de 50% no total de aparelhos ligados; na segunda, de 47%.

Curiosamente, outra capital com forte presença da Globo, o Rio de Janeiro também teve problemas para cumprir o cronograma da TV digital. De 25 de outubro, o apagão analógico foi adiado para 22 de novembro.

Não foi por falta de engajamento da Globo e suas afiliadas. A emissora é a que mais mobiliza seus noticiários locais para informar os telespectadores sobre os benefícios da TV digital (imagem e som de alta definição) e sobre o que fazer para se atualizar tecnologicamente.

Curitiba, por sua vez, teve o apagão analógico confirmado para esta quarta. A capital do Paraná, segundo o Ibope, já tem 91% de casas com TV digital.

Em implantação desde 2007, a TV digital já está 100% implantada nas regiões metropolitanas de Brasília, Goiânia, São Paulo, Salvador, Recife, Fortaleza, Rio, Vitória, Belo Horizonte, Campinas, Santos e Vale do Paraíba.

São Luiz, que já atingiu a marca de 92% de digitalização dos domicílios, é a próxima capital a ter apagão analógico, em 28 de março.

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook