Mundo conectado

'Hoje, se você está acordado, você está online', diz Google

Daniel Castro/NTV

Marco Bebiano, diretor de desenvolvimento de agências do Google Brasil, em evento em São Paulo - Daniel Castro/NTV

Marco Bebiano, diretor de desenvolvimento de agências do Google Brasil, em evento em São Paulo

DANIEL CASTRO - Publicado em 09/10/2013, às 11h58

O mundo terá em 2020 cerca de 7 bilhões de pessoas conectadas à internet. A previsão é do Google. Foi apresentada hoje (9) por Marco Bebiano, diretor de desenvolvimento de agências no Brasil da gigante da internet, durante palestra no Maximídia, evento dirigido ao mercado publicitário, em São Paulo.

Isso significa que o número de pessoas conectadas vai triplicar em pouco mais de sete anos. Quase todo o mundo estará online. Segundo o Google, em 2012 "apenas" 2,3 bilhões de pessoas tinham acesso à internet.

A maioria das novas conexões virão via telefonia celular, prevê o Google. E serão "cada vez mais pessoais e participativas", numa referência ao uso de redes sociais.

Apesar de "somente" um terço do globo estar conectado à internet, isso já criou um novo padrão de comportamento, uma nova geração.

"Hoje, se você tem menos de 40 anos e está acordado, você está online", disse Bebiano.

Na palestra, o executivo defendeu a "tese" do Google de que há uma "Geração C", de conectados, comunicadores, curadores e participativos de comunidades online. A "geração C" é a que produz conteúdo gratuitamente para o YouTube _são mais de um milhão de produtores no mundo.

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook