NATAL NO SOFÁ

De Girls a Mr. Robot: dez séries para espantar o tédio neste final de ano

Divulgação/Montagem/HBO/USA Network

As atrizes Lena Dunham na comédia Girls (à esq.) e Portia Doubleday no drama Mr. Robot - Divulgação/Montagem/HBO/USA Network

As atrizes Lena Dunham na comédia Girls (à esq.) e Portia Doubleday no drama Mr. Robot

JOÃO DA PAZ - Publicado em 23/12/2016, às 06h09

Para muita gente, fim de ano é sinônimo de tédio. Os amigos viajam e a TV só tem reprise e especial sem graça. Se você é da turma que fica em casa sem fazer nada entre o Natal e o Ano Novo, aqui vai uma seleção de dez séries que, se ainda não viu, tem que ver. São programas para se passar horas e horas no sofá (até 110!), que acabaram em 2016 (The Good Wife), que vão terminar em 2017 (Girls) e que só estão começando (Atlanta), além da imperdível Justiça, a melhor coisa da TV aberta nacional no ano.

divulgação/abc

Em American Crime, Connor Jessup faz um jovem gay que sofre bullying em uma escola

American Crime (Netflix)
Tempo: 7 horas (dez episódios da segunda temporada)
Sob a batuta do cineasta John Ridley, vencedor do Oscar de roteiro por 12 Anos de Escravidão (2013), a série American Crime chegou em 2015 para incomodar o telespectador com temas polêmicos e provocantes. Após contar a história de um negro acusado de matar um militar branco, a segunda temporada (que estreia na Netflix no dia 1º) discute os tabus da violência sexual contra homens. A vida de vários personagens muda radicalmente após uma mãe denunciar que seu filho adolescente foi estuprado em uma festa. A sére concorreu em quatro categorias do Emmy deste ano e está em três do Globo de Ouro de 2017.

divulgação/fx

Os personagens de Donald Glover (à esq.) Brian Tyree Henry vivem a cena do rap em Atlanta

Atlanta (Fox 1)
Tempo: 4 horas e 15 minutos (dez episódios)
O canal Fox 1 exibe neste sábado (24), a partir das 14h30, uma maratona com toda a primeira temporada da comédia Atlanta. Indicada ao Globo de Ouro e eleita por veículos como The New York Times e Variety como a melhor série de 2016, a produção mostra os perrengues de um rapper, Alfred "Paper Boi" Miles (Brian Tyree Henry), e seu empresário, Earnest Marks (Donald Glover), que faz de tudo para tornar o amigo popular no cenário musical da cidade. Na vida real, Glover é um rapper renomado chamado de Childish Gambino e já foi indicado ao Grammy duas vezes.

divulgação/abc

A dupla Tracee Ellis Ross e Anthony Anderson só ganham elogios pela comédia Blackish

Blackish (Netflix)
Tempo: 8 horas e 24 minutos (24 episódios)
Com indicações nas principais premiações da TV dos Estados Unidos, Blackish já se consolidou como uma das principais comédias da atualidade. A série trata de questões raciais e mostra uma família negra de classe alta morando em um bairro rodeado de vizinhos brancos. A missão do patriarca Andre Johnson (Anthony Anderson) é fazer com que os seus quatro filhos não percam interesse em conhecer a cultura afro-americana. Anderson, ao lado da atriz Trace Ellis Ross, que interpreta sua mulher, são a principal força da série e estarão no Globo de Ouro de 2017.

divulgação/hbo

A popular Girls, comandada por Lena Dunham, terminará em 2017 após a sexta temporada

Girls (HBO Go)
Tempo: 24 horas e 17 minutos (50 episódios)
Uma das produções mais populares da HBO, Girls terá a sexta e última temporada no ano que vem, a partir de 12 de fevereiro. Antes do final, vale a pena ir na plataforma online da HBO e mergulhar nos 50 episódios da trajetória da narcisista e imatura Hannah Horvath (Lena Dunham) e suas amigas recém-formadas em Nova York, num painel da juventude norte-americana após a crise de 2008. A primeira temporada de Girls rendeu um Globo de Ouro, em 2012.

divulgação/sky atlantic

O sucesso de Gomorra se deve, em grande parte, à atuação do ator italiano Marco D'Amore 

Gomorra (HBO Go)
Tempo: 17 horas (24 episódios)
Raramente uma produção, seja do cinema ou da TV, mostra a máfia italiana de uma forma tão crua como Gomorra. Diferentemente das hollywoodianas O Poderoso Chefão (1972) e The Sopranos (1999-2007), a atração do canal Sky Atlantic apresenta a criminalidade na raiz da máfia, na periferia da cidade de Nápoles. Com um roteiro surpreendente e cheio de reviravoltas, Gomorra tem um típico anti-herói carismático que cai nas graças do público: o bandido Ciro Di Marzio, vivido por Marco D’Amore. Todas as duas temporadas da série estão na HBO Go.

ESTEVAM AVELLAR/TV GLOBO

Jesuíta Barbosa, Adriana Esteves, Jéssica Ellen e Cauã Reymond em cena de Justiça

Justiça (Globo Play)
Tempo: 14 horas e 29 minutos (20 episódios)
Elogiada pela crítica e pelo público, Justiça já valeria apenas pela ousadia dramatúrgica, com uma narrativa inédita na TV aberta brasileira. Em um Recife violento e pouco presente na teledramaturgia da emissora, as histórias de Fátima (Adriana Esteves), Maurício (Cauã Reymond), Vicente (Jesuíta Barbosa) e Rose (Jéssica Ellen) voltam a se cruzar, sete anos depois de serem presos na mesma noite. Agora em liberdade, eles vão colocar à prova o senso de justiça e acertar contas do passado. Cada episódio é independente e aborda o desenrolar da trajetória de um dos protagonistas, enquanto os demais aparecem como figurantes ou coadjuvantes.

divulgação/usa network

A atriz Carly Chaikin interpreta uma das personagens mais importantes de Mr. Robot 

Mr. Robot (Amazon)
Tempo: 18 horas (22 episódios)
A chegada da Amazon no Brasil, há duas semanas, finalmente permite a oportunidade de uma maratona de Mr. Robot, a série sensação de 2015. Apesar de já ter sido exibida no Brasil na TV aberta (Record) e na TV paga (Space), Mr. Robot ainda não estava disponível em serviço de vídeo por streaming. Agora, o fã de série (ou quem ainda não a conhece) pode devorar a delirante história de um hacker que planeja aniquilar um conglomerado norte-americano símbolo do capitalismo. Mr. Robot é a atual vencedora do Globo de Ouro de série dramática.

divulgação/cbs

Chris Noth e Julianna Margulies em Good Wife; série terminou neste ano após 7 temporadas

The Good Wife (Netflix)
Tempo: 110 horas (156 episódios)
The Good Wife (2009-2016) é considerada a última série de peso com mais de 20 episódios por temporada. Durante sete anos, a série conseguiu sustentar um bom público e agradar a crítica ao contar a história da advogada Alicia Florrick (Julianna Margulies), que deixa de lado o orgulho para se portar como uma mulher leal ao lado do marido, Peter (Chris Noth), personagem central de um escândalo envolvendo prostitutas e tráfico de influência. Julianna, ex-Plantão Médico, ganhou dois prêmios Emmy por The Good Wife.

divulgação/hbo

O ator britânico Riz Ahmed está concorrendo ao Globo de Ouro de 2017 por The Night Of

The Night Of (HBO Go)
Tempo: 8 horas e 17 minutos (oito episódios)
Inspirada na produção britânica Criminal Justice (2008-2009), The Night Of foi mais uma grande minissérie exibida pela HBO, assim como Show Me a Hero em 2015. A trama acompanha a luta do jovem Nasir Khan (Riz Ahmed) para provar sua inocência após ser acusado de esfaquear e matar uma mulher. Ahmed ganhou destaque com The Night Of e está concorrendo ao Globo de Ouro, ao lado do colega de produção John Turturro, como melhor ator em minissérie ou filme feito para a TV.

divulgação/amazon

Luke Kleintank e Alexa Davalos são os protagonistas da série The Man in the High Castle

The Man in the High Castle (Amazon)
Tempo: 8 horas (dez episódios)
Com Frank Spotnitz (de Arquivo X) e Ridley Scott (Gladiador, Perdido em Marte) na produção-executiva, The Man in the High Castle vem com uma história no mínimo inusitada. Os chamados países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão) venceram a Segunda Guerra Mundial e os Estados Unidos foram divididos em duas partes: o leste ficou com os nazistas e o lado do pacífico com os japoneses. A dupla de protagonistas é formada pela atriz francesa Alexa Davalos e pelo norte-americano Luke Kleintank (Bones, Pretty Little Liars).


COMO ASSINAR:

Fox 1: Faz parte do pacote premium da Fox. Junto com o Fox Action, custa R$ 24,90/mês. Está disponível nas operadoras Net, Claro, Vivo e Oi. Site: foxplaybrasil.com.br/try-and-buy/

HBO Go: Neste mês, foi lançada a plataforma HBO Go no Brasil, mas somente no Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Bahia e Distrito Federal. A assinatura do serviço custa R$ 34,90/mês. Nas operadoras de TV paga, o pacote HBO/Max (dez canais), mais a plataforma HBO Go, sai por R$ 30/mês. Site: hbogo.com.br

Netflix: Existem três planos de assinatura: com duas telas (R$ 19,90/mês), duas telas + HD (R$ 22,90/mês) e quatro telas + HD e 4K (R$ 29,90/mês). Site: netflix.com.br

Amazon: Está sendo oferecida a US$ 2,99 (R$ 9,90) por mês _a partir do sétimo mês, o valor aumentará para US$ 5,99 (R$ 19,90). Site: primevideo.com

Globo Play: O custo da plataforma da Globo é de R$ 14,20/mês. Site: globoplay.globo.com


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Com quem Paloma deve ficar em Bom Sucesso?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook