Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MANSÃO DIGITAL

Produtor de falso reality usa nomes de famosos para roubar participantes

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Felipe Titto está com olhar vazio para a câmera

Felipe Titto: nome do artista foi usado por produtor golpista de falso reality show anunciado

IVES FERRO

ives@noticiasdatv.com

Publicado em 14/5/2022 - 7h00
Atualizado em 17/5/2022 - 12h00

O reality show Mansão Digital, anunciado como uma casa que reuniria 24 participantes e celebridades como Danielle Winits, Caio Castro e Felipe Titto, é falso. O projeto e os nomes dos famosos foram usados pelo produtor Jaffer Henrique Estrela para aplicar golpes nas pessoas interessadas em participar e em funcionários envolvidos.

Os influenciadores Felippe Barcelos e Pedro Marinho foram dois dos afetados: enquanto o primeiro perdeu R$ 2,5 mil, o outro teve um prejuízo de R$ 182. Segundo eles, Estrela foi quem os chamou via mensagem no celular, criou uma rede de segundos e terceiros contatos para enganá-los e chegou até a prometer o prêmio máximo da competição, que daria R$ 1,2 milhão ao vencedor.

"Eles me disseram que ia ter Caio Castro comandando uma equipe, Felipe Titto outra, e me mandaram um vídeo da RedeTV! falando sobre esse reality. Então me passaram o contato da produção. Conversei, fiz o depósito, e depois disso a produção não me respondeu mais", conta Barcelos ao Notícias da TV.

A primeira menção na mídia sobre a Mansão Digital foi dada pelo jornalista Alessandro Lo-Bianco no programa A Tarde É Sua, da RedeTV!, em junho de 2021. Na ocasião, o colunista disse que Castro e Titto comandariam os 24 participantes, divididos em duas equipes, e Danielle ficaria com a apresentação.

Procurados, os ex-galãs da Globo afirmaram não conhecer o reality e não ter qualquer envolvimento com isso. Danielle não se pronunciou.

Para Marinho, o organizador teria prometido a vitória na Mansão Digital. Ele diz que recusou a proposta por desconfiar do alto valor que precisaria pagar: Jaffer Estrela teria pedido R$ 50 mil. "Contei sobre a minha história e tudo mais, trabalhos que eu fiz, e ele pegou e falou para mim: 'Pedro, você quer entrar para ganhar?'", lembra.

"Ele falou: 'Todos os realities são assim'. Disse que participei de um, ele respondeu: 'Então o que você participou realmente não era para você ganhar, porque todos são assim, todos são combinados quem ganha, inclusive BBB e Fazenda'. Falou desse jeito para mim. Aí eu disse: 'Olha, eu vou conversar, porque desembolsar R$ 50 mil do dia pra noite, não é assim que funciona", completa ele.

Mansão dos golpes

Felipe Luna, um dos produtores, foi o responsável por convidar Barcelos para a atração. Ele instruiu o influenciador a falar com Jaffer, que teria pedido R$ 5 mil para doação a causas beneficentes como regra de participação. Com medo de sofrer um golpe, o jovem transferiu apenas metade do valor e combinou de dar o restante quando estivesse prestes a entrar na mansão.

A reportagem procurou Luna, que também afirmou ser vítima. Segundo ele, o diretor teria pedido indicações de pessoas para o elenco e afirmado que o Prime Video, streaming da Amazon, estaria em negociações para a transmissão. O funcionário, inclusive, alega não ter recebido seu salário como parte do trabalho realizado e expõe que a dona da mansão alugada também teria sido enganada.

O Prime Video afirmou, em comunicado: "Nunca recebemos esse projeto para avaliação e, portanto, não temos qualquer relação com a produção e com as pessoas envolvidas".

A reportagem não conseguiu localizar Jaffer Estrela. Ele também responde a processo por outros crimes de estelionato no Paraná, Estado onde nasceu.

Dá para recuperar o dinheiro?

Para evitar cair em ciladas como Felippe Barcelos, Pedro Marinho e outros participantes cotados, é preciso desconfiar de ofertas tentadoras quando há muito dinheiro envolvido. Afonso Morais, advogado que auxilia Barcelos na denúncia, vê poucas chances de recuperar a quantia perdida.

De modo simples, as únicas medidas que estão ao alcance dos afetados são registrar um boletim de ocorrência e contatar o banco em que a transação foi feita.

"Quando alguém tiver caído em golpe de venda de entrada em um reality show, deve procurar a polícia com todas as evidências, documentos [se tiver], mensagens, contatos, endereços, comprovante de pagamentos e fazer a denúncia em um boletim de ocorrência. Deve fornecer o máximo de pistas para polícia tentar achar o fraudador", instrui o especialista.

Confira abaixo a notícia do A Tarde É Sua, dada em junho de 2021:


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.