Novela das seis

Tempo de Amar: Lucinda dá barraco em bordel após ser abandonada por Inácio

Reprodução/TV Globo

Andreia Horta (Lucinda) em cena de Tempo de Amar, vilã invadirá cabaré atrás do marido - Reprodução/TV Globo

Andreia Horta (Lucinda) em cena de Tempo de Amar, vilã invadirá cabaré atrás do marido

ODARA GALLO - Publicado em 07/12/2017, às 05h24

Lucinda (Andreia Horta) descerá do salto e dará um barraco no bordel de Lucerne (Regina Duarte) em Tempos de Amar. A vilã invadirá a Maison Dorée após ser abandonada por Inácio (Bruno Cabrerizo) e exigirá que ele volte para casa. O português, no entanto, estará disposto a não ceder aos caprichos da mulher e a verá ir embora furiosa.

Inácio ficará sabendo que a mulher sabotou uma apresentação sua a convite de uma rádio local e sairá de casa sem dizer se irá ou não se separar. Lucinda ficará aflita por não saber o paradeiro do marido, mas sua empregada conseguirá flagrar o tocador de bandolim no cabaré.

"Lucinda? O que fazes aqui?", perguntará Inácio, surpreso, ao dar de cara com a mulher, na cena que encerrará o capítulo do dia 25. "Eu é que quero saber o que você faz neste lugar. Isso aqui é um cabaré! Uma casa de mulheres da pior espécie. Um bordel!", esbravejará a filha mimada de Reinaldo (Cássio Gabus Mendes).

"Modera tuas palavras, Lucinda! Não vou deixar que ofendas ninguém", repreenderá o músico. "Não se incomode com isso, meu querido", ponderará Lucerne. "Ela já está de saída, madame. Aqui não é lugar para conversarmos, Lucinda", responderá ele.

Simpática, a dona do bordel reconhecerá o esforço de Lucinda em ir atrás do marido, mas receberá uma alfinetada em troca. "Não preciso que a senhora me defenda, sua...", retrucará a vilã.

"Baixe o tom, mocinha! Você está na minha casa. Aqui recebo meus clientes com elegância e não irei permitir escândalos. Se quiser fazer um bom número, suba ao palco. Estou mesmo precisando de novas atrações", disparará a cafetina, que sugerirá a Inácio que leve a mulher a uma sala reservada.

"Vamos para a nossa casa... Você nunca deveria ter vindo para esse lugar horrendo!", implorará a personagem de Andreia Horta. "Não é nada do que estás a pensar. Madame tornou-se uma grande amiga", defenderá o camponês.

"Essa mulher não tem amigos, Inácio! A fama dela é tão antiga quanto a profissão que ela explora. Meu Deus, como você pode ser tão ingênuo?", reclamará a megera. "Ingênuo eu fui quando deixei-me enganar por ti, Lucinda!", rebaterá o mocinho.

Lucinda fará drama, dirá que não consegue mais dormir por causa da falta que sente do marido, mas Inácio insistirá em ficar no bordel. "Se é assim que você quer... Não sou mulher de humilhar-me para um homem, prefiro manter minha dignidade", afirmará a vilã, orgulhosa.

Últimas de Tempo de Amar

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou da novela Orgulho e Paixão?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook