Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Alto Astral

Scarlett ameaça revelar a assassina do pai de Laura; saiba quem é

Reprodução/TV Globo

Scarlett (Monica Iozzi) disfarçada de balconista Cidinha em cena de Alto Astral, novela das sete da Globo - Reprodução/TV Globo

Scarlett (Monica Iozzi) disfarçada de balconista Cidinha em cena de Alto Astral, novela das sete da Globo

ODARA GALLO

Publicado em 23/3/2015 - 4h57

O mistério sobre o passado de Laura (Nathalia Dill) começará a ser desvendado nos próximos capítulos de Alto Astral, novela das sete da Globo. Durante uma discussão com a tia, Adriana (Totia Meireles), Scarlett (Monica Iozzi) ameaçará revelar que ela é a assassina do pai da jornalista. A patricinha jogará a verdade na cara da médica para tentar evitar que ela roube sua herança.

A relação entre tia e sobrinha começará a ficar estremecida, pois Scarlett vai desconfiar de que Adriana a está incentivando a colocar seu disfarce de Cidinha a perder. A patricinha está se fazendo passar por balconista para cumprir o desejo do pai que, em testamento, exigiu que ela levasse uma vida simplória durante um ano antes de colocar a mão na herança.

Intrigada, a herdeira invadirá o consultório da médica atrás da versão original do documento deixado pelo pai e descobrirá que, caso ela fracasse, Adriana é quem ficará com o dinheiro. "A titi me enganou! O advogado nunca disse que, se eu não cumprisse a vontade do papá, a herança ia direto pra ela. Nem na versão traduzida do meu padrinho tinha essa cláusula", concluirá.

Após descobrir que a intenção da tia é lhe passar a perna, Scarlett vai tirar satisfação. "Você mentiu! Nunca me falou dessa cláusula!", dirá. "Do que você tá me acusando? Mesmo com essa cláusula, é só você cumprir a sua missão que a herança vai ser sua", responderá Adriana em tom dissimulado.

"Só que com você atrapalhando eu nunca vou conseguir! E como você atrapalha, né, titi? Tenta me fazer falhar o tempo todo! 'Conta logo pro Ricardo quem você é!' Que decepção... Confiei tanto em você!", rebaterá a patricinha, que, disfarçada, se envolveu com um o ex-namorado, Ricardo (Nando Rodrigues), pondo em risco o sucesso do plano.

Na cena prevista para ir ao ar em 7 de abril, Scarlett dará a cartada final para impedir Adriana de continuar atrapalhando seu disfarce. "Ouça! Se eu perder minha herança por sua causa, se você fizer alguma coisa, eu conto pra Laura tudo o que eu sei!", ameacará. "Me deixa em paz! Ou a Laura vai saber que você matou o pai dela!", completará.

A tia ficará chocada com a afronta, mas lembrará a sobrinha de que não há provas para a acusação. "Mas vou dar a Laura as pistas que ela precisa pra investigar... Ela vai acabar descobrindo que foi você quem mandou aquele carro atrás do pai e da madrasta dela... Que causou a morte deles!", falará Scarlett.

"Era só pra dar um susto no Mauro! Foi um acidente... Não era pra ninguém ter morrido!", dirá Adriana em sua defesa. "Mas morreu! Por sua causa, os filhos daquele homem ficaram desamparados!", continuará a herdeira.

Sentindo-se culpada, a médica começará a chorar e a se explicar. "Fiz tudo pra ajudar, você sabe disso. Paguei colégio, universidade, tudo sem eles saberem. Até dinheiro coloquei na conta do Mauro depois que ele morreu, pros filhos terem como se manter por um tempo. Nem desconfiaram, acharam que era uma poupança que o pai tinha."

Baseada em sua investigação, Laura acredita que foi sua mãe quem provocou o acidente fatal que resultou na morte do pai e da madrasta. Mas a cena reveladora entre Scarlett e Adriana não deixa claro se a médica é mesmo a mãe que a jornalista tanto procura. Ainda sem saber quem é a assassina de Mauro, a protagonista tentará, nos próximos capítulos, colher material genético de Adriana e Úrsula (Silvia Pfeifer) para fazer exame de DNA.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.