DE QUARENTENA

Por coronavírus, Mari Palma enfrenta 'dor gigante' durante seu aniversário

REPRODUÇÃO/CNN BRASIL

A apresentadora da CNN Brasil Mari Palma em vídeo de divulgação do canal de notícias

Mari Palma em vídeo da CNN Brasil; apresentadora do Live CNN Brasil lamentou aniversário sem abraços

REDAÇÃO - Publicado em 30/03/2020, às 08h40 - Atualizado às 11h59

Apresentadora da CNN Brasil, Mari Palma completou 31 anos sem festa e sem a presença da família. Ela foi diagnosticada com coronavírus (Covid-19) e está em casa de quarentena com o namorado e colega de CNN, Phelipe Siani. Nas redes sociais, a profissional desabafou sobre a 'dor gigante' por não comemorar a data do jeito tradicional.

De acordo com nota oficial da CNN Brasil, Mari começou a sentir sintomas de gripe na sexta -feira (27), e após passar por consulta médica foi diagnosticada com o vírus. Segundo Siani, Mari ainda não recebeu o resultado do exame, "mas é praticamente certeza", ele disse ao falar sobre o caso ao vivo, na CNN Brasil, na manhã de segunda (30).

Mari teve febre, ausência de olfato e ficará em isolamento em casa até se recuperar totalmente. Siani não apresenta sintomas, mas também ficará de quarentena em casa com a namorada. Ele foi a única pessoa a comemorar o aniversário ao lado da jornalista.

"Se eu disser pra vocês que: 'Tá tudo bem', eu vou estar mentindo. Porque tudo bem não tá. Eu queria estar agarrada hoje no meu pai, na minha mãe, nas crianças. Queria cantar parabéns com eles, assoprar as velinhas e comer bolo na sala de casa. Mas não dá pra fazer nada disso", disse em uma publicação feita no Instagram no domingo (29), dia de seu aniversário. 

A jornalista revelou que chega a planejar sua festa de aniversário com meses de antecedência, para que cada detalhe estivesse perfeito, mas essa foi a primeira vez em que passou a data longe de quem ama. 

"Não tem nada que me deixe mais feliz do que ver meus pais, minhas tias, meus sobrinhos, meus amigos, todos se divertindo juntos no mesmo lugar. Já tava tudo planejado pra festa, tudo mesmo. Mas vocês bem sabem porque a gente teve que cancelar tudo", lamentou, em referência às medidas recomendadas pelas autoridades de saúde para evitar aglomerações e, consequentemente, a expansão da pandemia global.

Apesar da tristeza, a ex-repórter do Mais Você agradeceu o namorado, Phelipe Siani. Ele organizou uma festa virtual para ela. "Se eu já tava sentindo saudade antes, agora então, é uma dor gigante, que só não é maior porque eu tenho essa pessoa do meu lado, que tá fazendo de tudo pra eu me sentir especial e cheia nesse dia. Ele pediu vídeo pra todo mundo, encheu bexiga e tá aqui do meu lado ouvindo Beatles, Los Hermanos", relatou Mari. 

"Pode não ser o aniversário com a maior festa, mas vai ser o aniversário em que a gente esteve mais junto mesmo separado. Só sei que eu amo cada um que parou um pouco pra me mandar mensagem e me fazer sentir melhor. Eu não sei quando nem como, mas eu sei que isso vai passar. E quando passar, eu vou esmagar todo mundo. Obrigada", finalizou a apresentadora. 

Confira a publicação de Mari Palma no Instagram: 

 
 
 
View this post on Instagram

todo mundo sabe que eu amo fazer festa de aniversário. não tem nada que me deixe mais feliz do que ver meus pais, minhas tias, meus sobrinhos, meus amigos, todos se divertindo juntos no mesmo lugar. eu planejo com meses de antecedência, penso em cada detalhe e fico enchendo o saco de todo mundo pra reservar a data (não sei como meus amigos me aguentam, sério). enfim, esse ano não foi diferente: já tava tudo planejado pra festa, tudo mesmo. mas né, vcs bem sabem pq a gente teve que cancelar tudo. e agora chegou meu aniversário e pela primeira vez em 31 anos, eu vou ter que passar longe dos meus pais, das minhas crianças, da minha família e dos meus amigos. se eu disser pra vcs que “tá tudo bem”, eu vou tá mentindo. porque tudo bem não tá. eu queria tá agarrada hoje no meu pai, na minha mãe, nas crianças. queria cantar parabéns com eles, assoprar as velinhas e comer bolo na sala de casa. mas não dá pra fazer nada disso. e se eu já tava sentindo saudade antes, agora então... é uma dor gigante que só não é maior porque eu tenho essa pessoa do meu lado que tá fazendo de tudo pra eu me sentir especial e cheia nesse dia. ele pediu vídeo pra todo mundo, fez uma festa virtual, encheu bexiga e tá aqui do meu lado ouvindo beatles, los hermanos e daqui a pouco mal sabe que vai ouvir mcfly e ver friends também, risos. pode não ser o aniversário com a maior festa, mas vai ser o aniversário em que a gente esteve mais junto mesmo separado. faz sentido? sei lá. só sei que eu amo cada um que parou um pouco pra me mandar mensagem e me fazer sentir melhor. eu não sei quando nem como, mas eu sei que isso vai passar. e quando passar, eu vou esmagar todo mundo. OBRIGADA OBRIGADA OBRIGADA 💛

A post shared by mari palma (@maripalma) on

Durante o período de quarentena, Mari e Siani continuarão trabalhando de casa. Eles não apresentarão mais o Live CNN a partir de segunda (30), mas farão participações especiais dutante o programa ao vivo. Eles serão substituídos por Diego Sarza e Elisa Weeck.

"Nosso único receio é ninguém sentir nossa falta e a gente não voltar mais. Tivemos duas semanas de Live no ar, tava dando bons resultados, a gente tava muito feliz, muito trabalho. (...) A gente vai fazer lives, dando a notícia daqui, sentindo na pele o que tá acontecendo. Os médicos disseram que não tem por que a gente se separar agora. Já que a gente tava junto, a gente continua junto", concluiu Siani.

Nas redes sociais, Mari Palma compartilhou como recebeu o diagnóstico. "Fiz uma tomografia que mostrou um pequeno acometimento do pulmão, o que fez o médico apontar coronavírus. Por isso, começa agora o nosso isolamento total em casa", explicou a ex-repórter do Mais Você no Instagram.

"Obrigada por todas as mensagens e desejos de melhoras. Eu tô me sentindo bem, só com falta de paladar e olfato mesmo. Vou ficar em casa pra não transmitir esse vírus que pode ser muito grave pra outras pessoas. E aproveito pra pedir o mesmo pra vocês: fiquem em casa", pediu a jornalista.

Segurando um controle de videogame e um livro, Phelipe Siani ressaltou em seu perfil que não apresenta sintomas de coronavírus. "Agora é trabalho, leitura, videogame e isolamento. Todos os jornalistas acabam se expondo muito pra levar informação num momento como esse pra quem tá em casa. Respeitem o trabalho de quem não pode fazer home office. E respeitem esse momento. Vai passar!", desejou ele.

Veja as publicações de Mari Palma e Phelipe Siani no Instagram:

 
 
 
View this post on Instagram

agora a gente vê o @livecnnbrasil de casa. o que aconteceu: eu parei de sentir cheiro e gosto do nada, uma coisa muito esquisita. fiz uma tomografia que mostrou um pequeno acometimento do pulmão, o que fez o médico apontar coronavírus. por isso começa agora o nosso isolamento total em casa. . obrigada por todas as mensagens e desejos de melhoras. eu tô me sentindo bem, só com falta de paladar e olfato mesmo. vou ficar em casa pra não transmitir esse vírus que pode ser muito grave pra outras pessoas. e aproveito pra pedir o mesmo pra vcs: fiquem em casa. já já isso vai passar e todo mundo vai tá junto de novo 💛✨ . @diegosarza e @elisaveeck obrigada por cuidarem da casinha!

A post shared by mari palma (@maripalma) on

 
 
 
View this post on Instagram

Pois é, gente. Estamos em quarentena. Mari começou a apresentar sintomas de covid-19, principalmente os sintomas q tão sendo estudados agora em pacientes mais jovens. Ela perdeu totalmente o olfato e o paladar. Diante disso, a gente foi ao hospital e fizemos exames. Mari tá com um comprometimento leve dos pulmões e, pelo quadro geral, foi diagnosticada com o novo coronavírus. Eu, se tiver, sou assintomático. Como a gente tá junto o tempo todo, fomos colocados em quarentena tbm juntos. Agora é trabalho, leitura, videogame e isolamento. Todos os jornalistas acabam se expondo muito pra levar informação num momento como esse pra quem tá em casa. Respeitem o trabalho de quem não pode fazer home office. E respeitem esse momento. Vai passar!

A post shared by Phelipe Siani (@phelipe.siani) on

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook