CASO DE 2017

Justiça dá prazo para Day McCarthy se defender sobre racismo contra Titi Gagliasso

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Bruno Gagliasso segura Titi no colo em foto publicada nas redes sociais

Bruno Gagliasso e a filha Titi; socialite que ofendeu menina tem prazo de 15 dias para se apresentar à Justiça

ELBA KRISS - Publicado em 02/12/2019, às 15h13

Dois anos depois de ofender Titi, filha de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, Day McCarthy recebeu um prazo de 15 dias para se apresentar à Justiça do Rio de Janeiro. Em um novo desdobramento do caso, publicado na última segunda-feira (25), a socialite tem a opção de se defender das acusações de racismo.

Caso Day não se apresente diante de um juiz até a data ou não envie um representante, ela pode ser julgada à revelia. A Justiça, então, poderia considerar "verdadeiros os fatos dos autores", segundo Alexandre Celano Cordeiro, advogado de Gagliasso e Giovanna.

Em conversa com o Notícias da TV, o defensor ressaltou que, se ela for condenada, pode ser procurada na esfera criminal seja onde estiver. Atualmente, a brasileira vive fora do Brasil. "Quando sair a condenação, ela pode sim ser procurada pela Justiça no exterior. É isso que buscamos", enfatizou Cordeiro.

Em suas redes sociais, Day se manifestou sobre o andamento do processo no domingo (1º). "Eu não sou procurada da Justiça, porque não matei ninguém no Brasil. Não roubei banco. Não sequestrei ninguém. Se tivesse feito isso, um crime hediondo, cabe[ria] extradição. E eu não fiz isso", se defendeu.

"Eu não vou pagar nada. Eu não estou ilegal no país onde estou. Eu sou cidadã no país onde estou e o governo não vai extraditar uma pessoa por chamar outra de 'macaca'. Te manca", continuou ela.

Relembre o caso

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank deram entrada na ação de danos morais na 32ª Vara Cível do Rio de Janeiro em novembro de 2017. Os atores querem R$ 180 mil de indenização pelas ofensas da socialite.

Titi, atualmente com 6 anos, é natural do Malawi, na África, e foi adotada pelo casal em 2016. No vídeo de McCarthy, que viralizou na internet em 2017, a menina foi chamada de "macaca", entre outros insultos. Em agosto deste ano, o casal adotou o menino Bless, de 4 anos, também no Malawi.

Day McCarthy ganhou notoriedade nas redes sociais após atacar famosos. Além de Titi, também fez comentários polêmicos sobre Rafaella Justus, filha de Ticiane Pinheiro e Roberto Justus, e sobre a cantora Anitta.

Confira vídeo de Day McCarthy sobre o andamento do processo:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que falta para Amor de Mãe conquistar mais audiência?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook