Conspiração alien

Como entender a nova fase de Arquivo X em apenas cinco episódios

Imagens: Divulgação/Fox

Os atores Gillian Anderson e David Duchovny em episódio da 11ª temporada de Arquivo X  - Imagens: Divulgação/Fox

Os atores Gillian Anderson e David Duchovny em episódio da 11ª temporada de Arquivo X

JOÃO DA PAZ - Publicado em 29/03/2018, às 07h38

A volta de Arquivo X depois de 14 anos fora do ar deu um nó na cabeça do telespectador. Episódios desconexos quebraram o ritmo da história principal e causaram a fuga do público. A audiência caiu 60% entre a décima temporada, exibida há dois anos, e a 11ª, encerrada na semana passada. Porém, é possível entender a nova fase vendo apenas cinco episódios, que são conectados e deixam a trama sobrenatural interessante.

De forma geral, os capítulos da série podem ser classificados em dois tipos. Um é chamado de mitologia, o outro envolve os monstros da semana. O primeiro consiste em episódios nos quais os agentes Fox Mulder (David Duchovny) e Dana Scully (Gillian Anderson) lidam com conspirações governamentais sobre vida extraterrestre, além de trazer os principais personagens coadjuvantes.

Já os episódios com monstros da semana funcionam de forma independente com o restante da trama. Neles, a dupla do FBI investiga aparições de mutantes, aberrações e outros tantos casos com histórias que têm começo, meio e fim.

O retorno de Arquivo X não foi diferente e, dos 16 episódios, apenas cinco são conectados um com o outro. O Notícias da TV facilita a vida do telespectador e lista quais são (Atenção: se você não quer spoilers, leia apenas os títulos dos parágrafos abaixo ou clique nos links para os episódios). Quem mergulhar nessa trama vai notar que a série traz uma boa história.

Todos os episódios podem ser assistidos no Now, serviço de vídeo sob demanda para clientes da Net e da Claro HDTV.

O vilão Canceroso (William B. Davis) dá medo em Arquivo X, embora mais fume do que fale

Minha Luta, parte 1
Os "arquivos X" do FBI, documentos secretos sobre casos de paranormalidade, foram reabertos após 14 anos e reuniram Dana e Mulder com o diretor Walter Skinner (Mitch Pileggi), chefe da dupla.

No primeiro episódio da décima temporada, os agentes se encontraram com um apresentador de TV, o radical Tad O'Malley (Joel McHale), que argumentava ter provas de abduções e experimentos com DNA alienígena em humanos. O episódio revelou que o Canceroso (William B. Davis), grande vilão da trama, estava vivo.

A agente Monica Reyes (Annabeth Gish) usa sua influência para acabar com plano macabro

Minha Luta, parte 2
Seis semanas após os eventos de Minha Luta, parte 1, o sexto (e último) episódio da décima temporada mostrou que a conspiração revelada por O'Malley era mais ousada: haveria um plano de colonização de extraterrestres e todos os norte-americanos teriam sido infectados com um vírus, que facilitaria a extinção da raça humana. Somente aqueles com DNA alienígena no corpo estariam imunes ao surto.

Entrou em cena a agente Monica Reyes (Annabeth Gish), arrependida após trabalhar durante 12 anos com o Canceroso, que se ofereceu para acabar com o plano mirabolante usando sua influência dentro do Sindicato, grupo liderado pelo vilão.

Canceroso colocou o agente do FBI Walter Skinner (Mitch Pileggi) em uma encruzilhada

Minha Luta, parte 3
A estreia da 11ª temporada introduziu um elemento a mais nessa trama: o filho perdido de Scully. Ela e Mulder contaram com a ajuda de Skinner na busca por William, interpretado por Miles Robbins. O Canceroso tentou recrutar o agente do FBI para o seu time, mas ele recusou. No final, o Canceroso revelou a Skinner que William é seu filho, fruto de um DNA alienígena.

Miles Robbins em Arquivo X; filho de Susan Sarandon com Tim Robbins entrou na nova fase

Ghouli
William é um jovem com superpoderes e eles foram apresentados ao público no quinto episódio da 11ª temporada. Arquivo X misturou os formatos da mitologia com o monstro da semana e colocou Scully e Mulder no meio de uma investigação envolvendo um ataque quase mortal entre duas garotas.

A investigação os levou à casa de um garoto chamado Jackson Van De Kamp, namorado das vítimas. Jackson, na verdade, é William, mas os agentes não o capturaram porque ele usou sua habilidade e se disfarçou de outras pessoas.

Gillian Anderson e David Duchovny em uma das últimas cenas da 11ª temporada de Arquivo X

Minha Luta, parte 4
O desfecho da 11ª temporada destacou todos os personagens relevantes dessa história, do apresentador O'Malley até a agente Reyes. Canceroso também apareceu em caça o garoto, peça fundamental para concretizar o plano da colonização alien.

O episódio é bem interessante e deve ser acompanhado com atenção, pois a série brincou com a habilidade de William de se passar por outro personagem, confundindo em alguns momentos o telespectador. O final é bombástico, com o esperado encontro entre Scully, Mulder e o Canceroso.

Notícias da TV Recomenda

Arquivo X

Arquivo X

Ficha técnica: Drama, Ficção Científica, EUA, 1993. Criação: Chris Carter. Elenco: David Duchovny, Gillian Anderson, Mitch Pileggi, William B. Davis, Robert Patrick, Annabeth Gish. Disponível na Fox e no Now.

Por que assistir: A série que revolucionou o gênero policial ao trocar o crime da semana pelo monstro da semana, nos anos 1990, continua interessante e viva até hoje. Seus episódios cheios de teorias de conspirações governamentais sempre deixam o telespectador em uma encruzilhada, se acredita ou não nos eventos sobrenaturais apresentados.

Assista agora no NOW

 

 

Enquete

O que você está achando de Segundo Sol?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook