Guinada na carreira

Adriane Galisteu preenche ficha de emprego para ser atriz na Globo

Guilherme Ferraresi/TV Globo

Adriane Galisteu durante ensaio para a Dança dos Famosos no semana passada - Guilherme Ferraresi/TV Globo

Adriane Galisteu durante ensaio para a Dança dos Famosos no semana passada

DANIEL CASTRO - Publicado em 23/10/2017, às 05h26

No ar na Dança dos Famosos, a apresentadora Adriane Galisteu está determinada a continuar trabalhando na Globo. E como atriz. Na semana passada, ela preencheu um cadastro semelhante às fichas em que se candidata a empregos, com todos os seus dados pessoais e experiências profissionais. E gravou um vídeo com um monólogo.

A ficha de Galisteu ficará disponível em um banco de dados com atores com os quais os diretores da Globo podem vir a trabalhar no futuro. Um programa de computador da Globo permite que diretores, autores e produtores de elenco procurem atores de acordo com perfis físicos. Uma busca, por exemplo, por mulher loira na faixa dos 40 anos poderá resultar no nome de Galisteu.

Por enquanto, não há nenhum trabalho à vista para Adriane Galisteu nas novelas da Globo. E não vai ser fácil para ela conseguir um. O Notícias da TV apurou que setores da emissora não a veem com bons olhos. Para conseguir um papel, a ex-modelo, que ganhou fama nos anos 1990 após namorar o piloto Ayrton Senna, vai ter que mandar muito bem nos testes.

O cadastro que Galisteu preencheu é obrigatório para todos os atores da emissora. Eles têm que ir pessoalmente nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, para se colocarem à disposição da emissora. Os profissionais mais renomados, no entanto, têm tratamento VIP. E muitos iniciantes, como Carol Duarte, são convidados por produtores de elenco que os "descobre" em espetáculos teatrais.

Galisteu voltou à Globo graças ao apoio de Fausto Silva. Ela foi repórter do Domingão do Faustão em 1998, mas ficou "queimada" na emissora após trilhar carreira de apresentadora na MTV, RedeTV!, Record e SBT. No ano passado, tentou uma vaga na Globo via J.B. Oliveira, o Boninho, que manda em programas como Vídeo Show e Big Brother. Não deu certo.

A loira já teve algumas experiências como atriz. Há duas décadas, ela fez rápidas participações nas novelas Xica da Silva (Manchete, 1996) e Antônio Alves, Taxista (1996) e Fascinação (1998), ambas no SBT.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Crimes na floresta

Ciro Guerra recebe Prêmio Fênix pela direção do filme Abraço da Serpente, de 2015 - Reprodução A Netflix anunciou que fará uma série ambientada na floresta amazônica. Ainda sem nome definido, a produção se passará na fronteira da Colômbia com o Brasil e mostrará um jovem detetive e seu parceiro durante ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Você pretende assistir Apocalipse, nova novela da Record?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook