Datena vice-líder

REDAÇÃO - Publicado em 28/04/2017, às 12h57

Reprodução/Band

O apresentador José Luíz Datena na edição de ontem (27) do Brasil Urgente - Reprodução/Band

O apresentador José Luíz Datena na edição de ontem (27) do Brasil Urgente

Na iminência da greve geral no país inteiro, os noticiosos da Band tiveram bom desempenho de audiência ontem (27). O Brasil Urgente nacional, exibido das 16h às 18h30, registrou 5,3 pontos na Grande São Paulo e foi vice-líder no Ibope durante 88 minutos, na frente do Cidade Alerta, da Record, e das novelas mexicanas do SBT. Já a versão local do telejornal, no ar das 18h30 às 19h, teve média de 6,8. Em seguida, o Jornal da Band marcou 6,7 pontos, segunda melhor marca do ano. A média do telejornal de Ricardo Boechat e Paloma Tocci foi 24% superior à das últimas quatro quintas-feiras. Mais cedo, o esportivo Os Donos da Bola também cresceu: igualou seu melhor ibope do ano, com 4,8 pontos, e ficou na vice-liderança durante 30 minutos.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Manhã recorde

REDAÇÃO - Publicado em 28/04/2017, às 12h16

Reprodução/TV Globo

A jornalista Monalisa Perrone no comando da edição desta sexta (28) do Hora 1 - Reprodução/TV Globo

A jornalista Monalisa Perrone no comando da edição desta sexta (28) do Hora 1

A greve geral desta sexta-feira (28) fez a audiência dos telejornais matinais da Globo disparar. No ar das 5h às 6h, o Hora 1 teve média consolidada de 8,1 pontos, recorde desde que estreou, em 2014. Exibidos em seguida, o Bom Dia São Paulo e o Bom Dia Brasil fizeram ampla cobertura de manifestações e paralisações no transporte público das capitais e se estenderam até as 9h30, tomando espaço do Mais Você. Na média preliminar do Ibope, a Globo registrou 16 pontos das 6h às 7h e 19 pontos entre 7h e 8h da manhã, audiências históricas, do mesmo patamar que as registradas no fim da tarde na emissora. Durante o Bem Estar e o Encontro, plantões de reportagem de vários Estados continuaram a ser exibidos nos intervalos.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Carioca recorde

REDAÇÃO - Publicado em 27/04/2017, às 17h46

Nelson Perez/FFC

Wellington Silva no jogo Fluminense e Vasco, realizado no último sábado (22) - Nelson Perez/FFC

Wellington Silva no jogo Fluminense e Vasco, realizado no último sábado (22)

Transmitido no último sábado, o jogo entre Fluminense e Vasco, uma das semifinais do Campeonato Carioca deste ano, foi a maior audiência da competição no Sportv. No total, 3,1 milhões de pessoas de todo o Brasil assistiram à partida durante ao menos um minuto. A disputa aconteceu no estádio do Maracanã e foi vencida pelo Fluminense por 3 a 0. O Tricolor das Laranjeiras enfrentará o Flamengo na grande decisão em dois jogos: o primeiro neste domingo (30) e o segundo no próximo dia 7. Durante o horário do confronto, das 19h às 21h, os canais Sportv tiveram a sintonia de 89% dos telespectadores de todos os canais esportivos. No Sportv 2, a atração era um jogo da NBA. Já no Sportv 3, o destaque eram lutas do UFC.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Mera Coincidência

REDAÇÃO - Publicado em 27/04/2017, às 17h27

Divulgação/New Line

Robert De Niro (à esq.) e Dustin Hoffman no filme Mera Coincidência (1997) - Divulgação/New Line

Robert De Niro (à esq.) e Dustin Hoffman no filme Mera Coincidência (1997)

Após cancelar The Brink no ano passado, a HBO arrisca novamente com uma comédia que satiriza a política. O filme Mera Coincidência (1997), sobre os bastidores sujos do governo norte-americano, vai ser adaptado para virar uma série no canal pago, de acordo com o site The Hollywood Reporter. Barry Levinson, cineasta que dirigiu o filme, será o diretor e produtor-executivo da atração; ele venceu o Oscar de melhor diretor por Rain Man, em 1989. O longa acompanha a história de um lobista (Robert De Niro) que contrata um produtor hollywoodiano (Dustin Hoffman) com a missão de criar uma guerra ficcional capaz de desviar a atenção da mídia, até então concentrada nos escândalos sexuais do presidente dos Estados Unidos.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Fora de série

REDAÇÃO - Publicado em 27/04/2017, às 16h41

Divulgação/A&E

O ator Freddie Highmore em cena do último episódio de Bates Motel, do canal A&E - Divulgação/A&E

O ator Freddie Highmore em cena do último episódio de Bates Motel, do canal A&E

Três dias após o final de Bates Motel (2013-2017), o A&E anunciou nesta quinta (27) que deixará de produzir séries. Agora, o canal dedicará a sua programação somente a realities e documentários, como Leah Remini: Scientology and the Aftermath e Biography. O drama Bates Motel foi o grande sucesso do canal, que fracassou ao tentar emplacar uma série de faroeste, Longmire (2012-2014), e outra ambientada em um presídio, intitulada Breakout Kings (2011-2012), com participação de personagens de Prison Break. No ano passado, o canal apostou em Damien, continuação do filme A Profecia (2006), mas a série foi cancelada duas semanas após o final da primeira temporada. O A&E existe nos Estados Unidos desde 1985 e pertence ao grupo Disney-ABC Television.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Hilary Swank na TV

REDAÇÃO - Publicado em 26/04/2017, às 15h27

Divulgação/Roadside Attractions

A atriz Hilary Swank no filme de faroeste Dívida de Honra, lançado em 2014 - Divulgação/Roadside Attractions

A atriz Hilary Swank no filme de faroeste Dívida de Honra, lançado em 2014

A atriz Hilary Swank, duas vezes vencedora do Oscar, será uma das protagonistas de Trust, minissérie do canal FX programada para estrear em janeiro de 2018. O drama de dez episódios narrará o sequestro de John Paul Getty, herdeiro de companhia de petróleo Getty, em 1973. Hilary viverá Gail, a mãe de John Paul, descrita pelo canal como "determinada e comprometida em ajudar o filho enquanto enfrenta problemas familiares". A atração será produzida e dirigida pelo cineasta britânico Danny Boyle, de Quem Quer Ser um Milionário? (2008) e 127 Horas (2010). Trust marca a volta de Hilary para a TV: em 1992, a atriz fez a comédia Camp Wilder, na qual contracenou com Jared Leto (Clube de Compras Dallas). Ela venceu o Oscar por Meninos Não Choram (1999) e Menina de Ouro (2004).
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Reestreia em alta

REDAÇÃO - Publicado em 25/04/2017, às 18h39

Divulgação/Multishow

Os cantores Luan Santana e Anitta no palco do Música Boa Ao Vivo, do Multishow - Divulgação/Multishow

Os cantores Luan Santana e Anitta no palco do Música Boa Ao Vivo, do Multishow

O programa Música Boa Ao Vivo teve boa reestreia no Multishow: a primeira edição da quarta temporada foi exibida na última terça (18) e assistida por mais de 1,5 milhão de pessoas. De acordo com dados do Ibope, na faixa de 20h30 a 22h30 o Multishow foi o segundo canal mais sintonizado pelos telespectadores da TV paga e o segundo mais visto entre o público da faixa etária de 18 a 34 anos. No Rio de Janeiro, a atração teve a segunda maior audiência entre todos os públicos. O programa, que existe desde 2014, é apresentado por Anitta desde 2016. Na estreia da quarta temporada, a cantora recebeu Luan Santana e as duplas Matheus & Kauan e Anavitória.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Boa fase

REDAÇÃO - Publicado em 25/04/2017, às 15h52

Reprodução/Band

O comentarista Denílson de Oliveira na edição de ontem do Jogo Aberto, na Band - Reprodução/Band

O comentarista Denílson de Oliveira na edição de ontem do Jogo Aberto, na Band

Em boa fase no Ibope, o Jogo Aberto, da Band, ficou uma hora na frente da Record ontem (24), na Grande São Paulo. Com cobertura do clássico entre Corinthians e São Paulo pelo Campeonato Paulista, o programa esportivo marcou 4,2 pontos e deixou a Record em quarto lugar durante o final do Hoje em Dia e início do Balanço Geral. Neste mês, a Band ultrapassou a Record na faixa das 11h20 às 12h30, com média de 3,7 pontos contra 3,5 da concorrente. Este tem sido o melhor ano do Jogo Aberto desde a estreia, em 2007. O programa também está sendo favorecido pela ausência da Record nas operadoras de TV por assinatura.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Demissões na Gazeta

DANIEL CASTRO - Publicado em 24/04/2017, às 16h23

Reprodução/TV Gazeta

Anna Paola Fragni durante o programa Revista da Cidade no último dia 10 - Reprodução/TV Gazeta

Anna Paola Fragni durante o programa Revista da Cidade no último dia 10

A TV Gazeta realizou algumas demissões na última semana. Foram dispensadas duas apresentadoras: Anna Paola Fragni e Michelle Francine. Anna Paola, que fazia boletins informativos nos programas Revista da Cidade e Mulheres, tinha 21 anos de casa, desde que se formou na Faculdade Cásper Líbero, da mesma fundação. No Instagram, ela se despediu com muita classe, apesar de ter ficado abalada. "A Anna jornalista, formada na Cásper, se tornou uma apresentadora feliz, realizada e muito honrada pelos amigos, equipe de trabalho e público que me acompanha desde a época do [programa] Gazeta Esportiva, quando eu ainda era uma menina!!! Gazeta, foi uma honra estar todas as manhãs e tardes com você. Até breve, meu amor. Ao seu lado casei, tive filhos e vivi inúmeras situações", escreveu. A outra profissional demitida, Michelle Francine, era apresentadora do Gazeta Shopping. Os cortes foram para reduzir custos. Em nota ao Notícias da TV, a Gazeta disse que "desligamentos foram ações pontuais, ajustes inerentes à rotina de qualquer empresa". 
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Novo projeto

REDAÇÃO - Publicado em 22/04/2017, às 07h00

Divulgação/Variety

Jenni Konner (à esq.) com Lena Dunham em evento em Nova York, nesta sexta (21) - Divulgação/Variety

Jenni Konner (à esq.) com Lena Dunham em evento em Nova York, nesta sexta (21)

Lena Dunham já tem trabalho após o fim de Girls. Juntamente com uma das produtoras-executivas da comédia, Jenni Konner, a atriz/diretora/roteirista está desenvolvendo um novo projeto para a HBO. Em evento da revista Variety realizado na sexta (21), as duas anunciaram que a nova produção deve ser lançada "em pouco mais de um ano". Elas, porém, não revelaram sobre o que é esse projeto. Girls terminou no último domingo (16) após seis anos no ar. O episódio final foi o 22º mais visto de toda a série. Críticos norte-americanos consideram a sexta e derradeira temporada de Girls como uma das melhores da atração, cotada para estar entre as indicadas ao Emmy deste ano.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

+ Lidas

Redes sociais

Últimas notícias