A 'salvação' dos domingos

Record ressuscita Tudo É Possível com rodízio de apresentadores

Divulgação

Ana Hickmann à frente do Tudo É Possível, extinto em 2012; quadros vão voltar - Divulgação

Ana Hickmann à frente do Tudo É Possível, extinto em 2012; quadros vão voltar

DANIEL CASTRO - Publicado em 19/09/2013, às 19h11 - Atualizado em 21/09/2013, às 07h03

O "novo" programa que a Record prepara para as tardes de domingo não será tão novo assim.

Sob o comando de Vildomar Batista, resgatado pela nova direção da emissora após ter sido afastado do Programa da Tarde, a nova atração deverá manter o nome de Tudo a Ver, mas seu conteúdo será muito parecido com o do Tudo É Possível, apresentado por Ana Hickmann até o final do ano passado.

A solução já está sendo alvo de críticas internas. A pergunta que não quer calar: por que um programa com quadros que davam prejuízo e perdiam no Ibope para o Domingo Legal, do SBT, vai vingar agora?

Ainda mais porque a ideia é que o "novo" Tudo a Ver tenha um apresentador diferente por semana.

Essa situação, no entanto, será provisória.

O Tudo a Ver com conteúdo do Tudo É Possível deve durar somente até o final do ano. Em 2014, a Record quer que sua faixa das 12h às 15h seja ocupada por um novo formato, apresentado por algum talento a ser contratado de outra emissora, sob a direção de Vildomar Batista.

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é a mãe mais surtada de Amor de Mãe?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook