Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Resposta

Igreja Universal nega que falte água nas instalações de sua produtora

Reprodução da TV

Pastores durante transmissão da programação da Igreja Universal na Rede 21, na manhã de terça (12) - Reprodução da TV

Pastores durante transmissão da programação da Igreja Universal na Rede 21, na manhã de terça (12)

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 13/11/2013 - 16h38

Após a publicação das informações de que funcionários da IURD TV trabalham dobrado desde a última quinta-feira (7) por conta da implantação da transmissão de 22 horas diárias na Rede 21, a assessoria de comunicação da Igreja Universal do Reino de Deus enviou uma carta em resposta ao conteúdo da reportagem.

Leia o comunicado na íntegra:

“Com referência à notícia "Funcionários da Igreja Universal trabalham dobrado e sem água", publicada pelo site Notícias da TV, esclarecemos que:  

A Universal cumpre rigorosamente a legislação trabalhista e as normas coletivas aplicáveis a seus funcionários, das mais diversas categorias profissionais, submetendo-se à fiscalização das autoridades competentes;

O fluxo de trabalho da TV Universal pode variar, como de qualquer produtora de televisão, mas segue uma programação preestabelecida e obedece parâmetros absolutamente compatíveis com a equipe contratada e com os equipamentos disponíveis;

Quanto à ‘denúncia’ de ‘falta d'água para beber na produtora, chega a ser risível. Basta uma visita às instalações para se verificar que há bebedouros instalados em número suficiente para atender, com conforto, o público que trabalha e frequenta o local.

O site poderia simplesmente ter procurado a Universal para verificar a veracidade das informações. Evitaria o constrangimento de ser pública e factualmente desmentido.

Em tempo, mais uma correção: em 2013, a IURD TV passou a se chamar TV Universal.” 


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?