Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NO RIO DE JANEIRO

Homem armado invade a Globo para ver Renata Vasconcellos e sequestra repórter

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Imagem de Marina Araújo trabalhando como repórter na Globo

Marina Araújo foi usada como escudo por rapaz que invadiu a sede da Globo no Rio de Janeiro

REDAÇÃO

Publicado em 10/6/2020 - 15h59
Atualizado em 10/6/2020 - 16h20

Um homem armado invadiu o prédio da Globo no Jardim Botânico, Rio de Janeiro, onde está a central de Jornalismo, imobilizou a jornalista Marina Araújo e a fez de refém com uma faca. A emissora confirmou ao Notícias da TV a tentativa de crime na tarde desta quarta-feira (10), informou que o caso já foi solucionado e que a funcionária está bem. A intenção do invasor era falar com a jornalista Renata Vasconcellos, que faz 48 anos.

"Na tarde desta quarta-feira, um homem invadiu a sede da TV Globo, no Jardim Botânico, portando uma faca. Ele fez a repórter Marina Araújo refém. A segurança da Globo rapidamente agiu, isolou o local e chamou a PM. O comandante do 23° Batalhão da corporação, coronel Heitor Henrique Pereira, compareceu rapidamente à emissora e conduziu a negociação", diz a equipe de Comunicação da Globo, em nota.

A emissora afirma que Marina permaneceu imobilizada pelo invasor durante alguns minutos, mas que a jornalista não sofreu nenhum tipo de ferimento e tampouco se machucou no período em que ficou como refém.

"A Globo repudia com veemência todo tipo de violência. Foi obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política. Um homem que exigia ver a jornalista Renata Vasconcellos."

O invasor somente liberou Marina quando Renata surgiu no local. Ela compareceu à cena do crime por orientação do comandante Heitor, que conduziu a operação. O rapaz rapidamente soltou a faca assim que avistou a âncora do Jornal Nacional.

"A TV Globo agradece à PM, ao coronel Heitor e a todos os policiais, cuja condução foi exemplar. Marina se comportou com coragem, serenidade e firmeza, sendo fundamental para o desfecho da situação. Renata foi corajosa, desprendida, solidária e absolutamente imprescindível para que tudo acabasse bem. As duas profissionais estão bem. E foram recebidas pelos colegas com carinho e emoção", concluiu a emissora na nota à imprensa.

As imagens do circuito interno de segurança vazaram nas redes sociais. Em um vídeo publicado no Twitter, é possível ver Marina sendo feita de escudo por um rapaz que usava uma máscara e chapéu pretos, que acabaram camuflando seu rosto.

Assista abaixo ao momento em que Marina Araújo é feita de refém:

Marina Araújo é uma das repórteres mais versáteis da Globo, e foi escalada para cobrir assuntos de diferentes áreas, como política, economia, saúde e esportes. Integrou a equipe do Bem Estar e cobriu a Copa do Mundo de 2014. Na GloboNews, foi apresentadora do Almanaque.

O vídeo abaixo, publicado pela jornalista Fábia Oliveira no Twitter, mostra o momento em que o homem foi detido e conduzido por policiais à viatura:

A invasão rapidamente se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter, e famosos que trabalham na Globo se manifestaram publicamente sobre o caso:

Web Stories

+
Ana ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acaloradaFim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple BrasilLustre de cristal e piso de mármore: Conheça o Carioca Palace, hotel de Pega Pega

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?