Famílias em crise

Canal lança 'Supernanny' para casais; reality perde 4 episódios

Divulgação

Participante do reality show Vivendo com o Inimigo, no qual se atiram dardos durante terapia - Divulgação

Participante do reality show Vivendo com o Inimigo, no qual se atiram dardos durante terapia

GILVAN MARQUES - Publicado em 04/10/2013, às 15h13 - Atualizado em 06/10/2013, às 12h34

O canal de TV por assinatura A&E lança na próxima sexta-feira (11), às 22h30, o reality show Vivendo com o Inimigo.

No programa, os participantes expõem problemas familiares, como conflitos com sogros, genros e cunhados _crianças quase não aparecem. Dois terapeutas (Fernanda Guilardi e Márcio Alleoni) participam de sessões em que tentam salvar casamentos e relações entre parentes.

"É quase devassar a vida das pessoas consentidamente", diz o diretor Pedro Boschi sobre a exposição da vida íntima dos participantes.

Algumas características, inevitavelmente, lembram o programa Supernanny, do SBT. "A mim não incomoda a comparação", diz a terapeuta Guilardi.

Questionado se houve roteirização antes das gravações, Guilherme Conti, outro diretor da atração, admite que sim. Defende que isso é necessário para explicar ao telespectador o problema da família.

Execução

O programa foi todo realizado pela produtora Plataforma, mas não cumpre cota de conteúdo nacional da nova lei de TV por assinatura, porque o formato é norte-americano.

Quarenta famílias foram escolhidas, mas apenas 12 participaram de fato. Dessas, apenas oito irão ao ar _as outras quatro foram descartadas porque participantes pediram para cancelar a exibição; numa delas, um casal se separou. "Mas também houve avanços", diz Pedro Boschi sobre um marido que melhorou o relacionamento com a sogra.

Todos os episódios foram gravados no Estado de São Paulo. Entre pesquisa e conclusão, a produção consumiu nove meses.

Dois reforços para o conclusão deste projeto foram trazidos da TV aberta: Guilherme Conti, ex-Mulheres Ricas, da Band, e Marina Mecca, ex-Supernanny, do SBT.

Pingo nos "is"

Em 2011, o SBT exibiu chamadas durante os intervalos em que convocava "aventureiros" a participar de um programa que também foi batizado de Vivendo com o Inimigo. A atração foi engavetada pouco tempo depois.

O Vivendo com o Inimigo do A&E não tem nada a ver com o projeto do SBT.

Tudo sobre

A&E Mulheres Ricas SBT

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook