Humor da vergonha alheia

'Agora Sim': Nova série da Sony tira sarro de publicitário tosco

Divulgação/Sony/Mixer

Elenco da série Agora Sim, do canal Sony: um The Office brasileiro numa agência de publicidade - Divulgação/Sony/Mixer

Elenco da série Agora Sim, do canal Sony: um The Office brasileiro numa agência de publicidade

DANIEL CASTRO - Publicado em 03/09/2013, às 20h50 - Atualizado em 17/09/2013, às 11h00

O canal Sony estreia no próximo dia 26 (quarta-feira) sua primeira série brasileira: Agora Sim.

A produção da Mixer é uma comédia ambientada em uma pequena agência de publicidade tosca, cuja grande decisão para crescer no mercado foi se mudar para uma casa ao lado de uma grande agência.

Embora o universo seja o mesmo de Mad Men, o tom é outro. Agora Sim lembra mais The Office, sem o documentário. Trata-se de uma comédia sobre situações constrangedoras e tiradas sobre os hábitos e vícios dos publicitários brasileiros no que eles têm de menos talentoso e mais de egocêntrico.

O protagonista, Bittar (Fábio Herford), é o publicitário fracassado, que nunca ganhou prêmio importante, e vive de fazer propaganda para anunciantes igualmente toscos, como depósito de material de construção. Bittar é dono da agência Bitt, sacou?

Definido como "sem-noção" por seu intérprete, Bittar vive repetindo que é preciso "pensar fora da caixa", como se isso fosse o suprassumo da inteligência. Além de "gênio", Bittar é "supercriativo".

"Você acha que um criativo usa guarda-chuva?", pergunta a um assistente. "Isso é coisa de quem não é criativo", responde. E toma emprestada uma capa de chuva de motoboy. Claro, vai ser confundido com um office-boy ao tentar entregar uma garrafa de champanhe para o publicitário vizinho _este, sim, bem-sucedido.

A série nasceu em 2009 da cabeça de Marcello Serpa, um prestigiado publicitário brasileiro. Foi imediatamente encampada por João Daniel Tikhomiroff, dono da Mixer, que produz a série. Tikhomiroff também vem da publicidade, como diretor de comerciais.

"Comecei minha carreira fazendo comerciais. Conheci muitas Britts", diz Tikhomiroff, que assina a direção-geral de Agora Sim.

Com 13 episódios, Agora Sim custou R$ 3,5 milhões e usou recursos de incentivo fiscal da Ancine. Vai cumprir cota de conteúdo nacional no Sony.

No elenco, também estão Augusto Madeira, Amanda Lyra, Thiago Pinheiro, Mayara Constantino e Larissa Machado, além de Rodrigo Pandolfo, o mais conhecido deles, graças ao filme Minha Mãe É uma Peça.

 

 

Enquete

Afinal, como você avalia Bruna Marquezine em Deus Salve o Rei?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook