CORONAVÍRUS

Confinada, Taís Araujo se emociona no É de Casa: 'não vibrar no medo'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Taís Araújo durante participação no É de Casa

Taís Araujo participou por videoconferência do É de Casa deste sábado (21); atriz está de quarentena voluntária

REDAÇÃO - Publicado em 21/03/2020, às 12h36

Durante o É de Casa deste sábado (21), Taís Araujo se emocionou ao falar sobre o cancelamento das gravações de Amor de Mãe por conta da pandemia de coronavírus. Em videoconferência com Ana Furtado e Zeca Camargo, a atriz revelou  seus esforços para se manter calma em meio ao clima de pânico. "Me forçando a não vibrar no medo", disse ela.

A artista está em quarentena voluntária em sua casa desde o domingo (15) ao lado do marido Lázaro Ramos e dos filhos João Vicente e Maria Antônia, de 8 e 4 anos respectivamente. "Só nós quatro e o cachorro", explicou a protagonista do folhetim de Manuela Dias.

Durante o bate-papo, ela também confidenciou que se surpreendeu com a pausa nos trabalhos nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro. "Novela não para, pode acontecer tudo, mas não para. A gente fica doente, mas vai trabalhar. Quando vi a notícia, achei que tinha algo muito sério acontecendo", ponderou.

Taís ainda mostrou o seu apoio às medidas de segurança. "Absolutamente responsável. A gente lida com muita gente , nem sei quantas pessoas estão envolvidas numa novela do tamanho da nossa. Mais de mil. São quatro ou cinco frentes que saem todos os dias, envolvendo cerca de 300 profissionais. Muitas pessoas que vêm de muitos lugares, de transporte público", elogiou a carioca.

Com a voz embargada, a atriz foi consolada por Ana Furtado. "Você se emocionou, não é?", constatou a mulher de J. B. Oliveira, o Boninho. "A gente fica mesmo. É um momento muito especial que nos mostra o quão importante é estar presente em nossas casas, com nossos filhos", respondeu a cariosa.

A intérprete falou que a mudança repentina na rotina tem sido difícil para todos. "As pessoas trabalham fora, as próprias crianças também vão para a escola, tem várias atividades. A situação demanda criatividade, paciência", considerou.

Ela encerrou a sua participação com um apelo para que a população não vá para as ruas. "A situação vai passar, mas a gente tem que proteger e ficar em casa. Não é para ir àfarmácia, nem no mercado. Esse final de semana vai ser muito importante, primordial", arrematou a artista.

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook