Sex Education

Sex Education

Ficha técnica: Comédia, Reino Unido, 2019. Criação: Laurie Nunn. Elenco: Asa Butterfield, Gillian Anderson, Emma Mackey, Ncuti Gatwa, Connor Swindells. Disponível na Netflix.

Sinopse: Filho de uma terapeuta sexual, Otis (Asa Butterfield) sofre na adolescência. Desengonçado e com um único amigo na escola, ele vê sua rotina mudar por completo ao virar um guru do sexo no colégio onde estuda, usando o conhecimento adquirido ao ouvir as conversas de sua mãe com clientes.

Por que assistir: Invariavelmente, Sex Education apresenta experiências sexuais que o telespectador já viveu na pele. Isso aproxima a série do público e a faz ser contemporânea, uma das razões para o seu sucesso instantâneo (já foi renovada para a segunda temporada). Fora isso, a comédia é irônica ao ter um conselheiro sexual virgem, que não consegue se masturbar.

Outras recomendações

O Mundo Sombrio de Sabrina

O Mundo Sombrio de Sabrina

Ficha técnica: Chilling Adventures of Sabrina. Terror, EUA, 2018. Criação: Roberto Aguirre-Sacasa. Elenco: Kiernan Shipka, Ross Lynch, Lucy Davis, Miranda Otto, Michelle Gomez, Chance Perdomo. Disponível na Netflix.

Sinopse: Prestes a completar 16 anos, Sabrina Spellman (Kiernan) precisa escolher entre seu lado humano e sua metade bruxa. Incapaz de abandonar sua vida normal para estudar feitiçaria, ela vê os seus dois mundos entrarem em rota de colisão e decide confrontar Satanás.

Por que assistir: Com a proposta de misturar terror e comédia, Sabrina acerta no tom ao construir um universo feiticeiro repleto de bizarrices, como sacrifícios humanos e canibalismo. Ao mesmo tempo, consegue fazer humor ao apontar a surrealidade dos costumes. Kiernan Shipka, lançada em Mad Men, brilha como a protagonista.

Girlfriends' Guide to Divorce

Girlfriends' Guide to Divorce

Ficha técnica: Comédia, EUA, 2014. Criação: Marti Noxon. Elenco: Lisa Edelstein, Beau Garrett, Necar Zadegan, Alanna Ubach, Paul Adelstein. Disponível no Globoplay.

Sinopse: Nome de sucesso no mercado de livros sobre casamento, a quarentona Abby McCarthy (Lisa Edelstein) passa por uma crise na vida pessoal ao enfrentar um divórcio. Desafiada, ela começa a escrever sobre como é a vida de uma divorciada.

Por que assistir: Além da bela atuação de Lisa (ex-House), a comédia tem um elenco de apoio afiado, com personagens bem simbólicas do ciclo de amizades na idade da loba: tem a descolada metida a artista, a profissional liberal que busca se afirmar em sua carreira e aquela que não hesita em entrar em um app de paquera em busca de um peguete. A série foi criada por Marti Noxon, a mesma de Sharp Objects.

Russian Doll

Russian Doll

Ficha técnica: Comédia, EUA, 2019. Criação: Natasha Lyonne, Leslye Headland e Amy Poehler. Elenco: Natasha Lyonne, Greta Lee, Charlie Barnett. Disponível na Netflix.

Sinopse: Nadia (Natasha Lyonne) ganha uma festa de aniversário em um dia que ela revive inúmeras vezes. Após um simples acidente ou morte bizarra, ela ressuscita no banheiro da casa de sua amiga Maxine (Greta Lee), a anfitriã da festinha. Nadia, então, tenta descobrir por que ela volta à vida.

Por que assistir: Com um quê de Westworld, sobre como o cotidiano pode ser um eterno loop, e temperada com filosofias de Good Place, Russian Doll é uma comédia deliciosa. Bem-humorada, com a assinatura de Amy Poehler, a série endoidece o público na tentativa de entender o que se passa com Nadia. A mídia adorou: Russian Doll ganhou a nota 89 no Metacritic, uma ótima avaliação.

Confira todas as Recomendações

+ Lidas

Notícias da TV

Redes sociais