Orange Is the New Black

Orange Is the New Black

Ficha técnica: Drama, Policial, EUA, 2013. Criação: Jenji Kohan. Elenco: Taylor Schilling, Uzo Aduba, Danielle Brooks. Laura Prepon. Disponível na Netflix (última temporada em 26/7).

Sinopse: A trama gira em torno de Piper (Taylor Schilling), mulher na casa dos 30 anos que morava em Nova York até ser mandada para uma prisão, condenada a 15 meses de encarceramento por transportar dinheiro do tráfico de drogas. Na cadeia, ela encontra a namorada, Alex Vause (Laura Prepon), e passa a viver rodeada de criminosas.

Por que assistir: Os episódios conseguem misturar bem o passado das personagens, antes de irem para trás das grades, com suas vidas como presidiárias. Mas as atrizes afiadas são a grande força de Orange, o que levou a série a ganhar três estatuetas de melhor elenco no SAG Awards.

Outras recomendações

Stranger Things

Stranger Things

Ficha técnica: Suspense, EUA, 2016. Criação: Irmãos Duffer. Elenco: Winona Ryder, David Harbour, Millie Bobby Brown, Noah Schnapp, Gaten Matarazzo. Disponível na Netflix.

Sinopse: Ambientada nos anos 80, a série mostra o desaparecimento misterioso de Will (Noah Schnapp). Durante as buscas ao garoto, acontecimentos sobrenaturais atingem a cidade de Hawkins, incluindo a aparição de uma menina com superpoderes.

Por que assistir: No embalo da nostalgia dos anos 1980, Stranger Things teve 31 indicações ao Emmy, incluindo melhor drama. A série traz diversas referências a clássicos de ficção científica e terror. Com uma história repleta de mistérios, o enredo fisga o telespectador. Entre as crianças protagonistas, destaque para Millie Bobby Brown, cuja atuação surpreende em todas as temporadas.

As Vilãs que Amamos

As Vilãs que Amamos

Ficha técnica: Série documental, Brasil, 2019. Criação: Hermes Frederico. Elenco: Lilia Cabral, Adriana Esteves, Renata Sorrah, Gloria Pires. Disponível no Viva e no Viva Play.

Sinopse: A série documental faz uma homenagem a cada episódio para uma vilã emblemática da teledramaturgia brasileira. Personagens que abalaram o Brasil, como Odete Roitman e Nazaré Tedesco, são relembradas e dissecadas por atrizes e autores das novelas da Globo.

Por que assistir: Toda pessoa que acompanha a cultura pop brasileira e assistiu as principais novelas nos últimos 30 anos vai sentir uma nostalgia boa ao relembrar as cenas épicas e os absurdos falados pelas vilãs. As atrizes e os autores dão depoimentos sinceros, emocionados e contam detalhes inéditos sobre seus trabalhos mais marcantes.

Years and Years

Years and Years

Ficha técnica: Drama, Reino Unido, 2019. Criação: Russell T. Davies. Elenco: Emma Thompson, Rory Kinnear, Russell Tovey, Lydia West, Ruth Madeley, T’Nia Miller. Disponível na HBO.

Sinopse: A série acompanha a família Lyons, de classe média, durante um período de 15 anos, entre 2019 e 2034. Durante esse tempo, eles testemunham mudanças drásticas na sociedade e na política, acompanhando pela TV a ascensão de uma celebridade com um pensamento radical e conservador.

Por que assistir: Coprodução da BBC com a HBO, Years and Years vale para quem se cansou de Black Mirror. A minissérie britânica é cheia de engenhocas futurísticas dignas das melhores ficções científicas, tudo injetado em um drama familiar convencional, com um pé fincado na realidade.

Confira todas as Recomendações

+ Lidas

Notícias da TV

Redes sociais