Greenleaf

Greenleaf

Ficha técnica: Drama, EUA, 2016. Criação: Craig Wright. Elenco: Merle Dandridge, Lynn Whitfield, Keith David, Rick Fox, LeToya Luckett. Disponível na Netflix.

Sinopse: Filha do pastor James (Keith David), Grace Greenleaf (Merle Dandridge) retorna para casa após duas décadas e escancara os bastidores sujos de uma igreja evangélica que aparenta ser um centro de boas ações. Lá há corrupção, adultério e repressão à homossexualidade.

Por que assistir: A série mostra as megaigrejas pentecostais sob uma ótica inédita e quebra tabus com uma abordagem crítica. Exibida nos Estados Unidos pelo OWN, canal da apresentadora Oprah Winfrey, Greenleaf se tornou um sucesso também no Brasil _em 2017, foi uma das dez mais vistas pelos brasileiros na Netflix.

Outras recomendações

The Handmaid’s Tale

The Handmaid’s Tale

Ficha técnica: Drama, Suspense, EUA, 2017. Criação: Bruce Miller. Elenco: Elisabeth Moss, Yvonne Strahovski, Alexis Bledel. Disponível no Paramount+ (novos episódios da terceira temporada estreiam em 15/6).

Sinopse: Ambientada em um Estados Unidos dominado por um governo fundamentalista cristão,  a série acompanha o drama de mulheres férteis sob o domínio de famílias ricas, que as mantêm apenas para procriar.

Por que assistir: Protagonizada por Elizabeth Moss, The Handmaid's Tale conquistou todos os prêmios possíveis em Hollywood e entrou para a história como a primeira série de uma plataforma de streaming a vencer o Emmy de melhor drama. Na terceira temporada, a série promete diminuir as cenas de terror contra as mulheres e vai mostrá-las à frente de um grupo de resistência contra Gilead. São as criadas e empregadas contra o sistema.

O Mundo Sombrio de Sabrina

O Mundo Sombrio de Sabrina

Ficha técnica: Chilling Adventures of Sabrina. Terror, EUA, 2018. Criação: Roberto Aguirre-Sacasa. Elenco: Kiernan Shipka, Ross Lynch, Lucy Davis, Miranda Otto, Michelle Gomez, Chance Perdomo. Disponível na Netflix.

Sinopse: Prestes a completar 16 anos, Sabrina Spellman (Kiernan) precisa escolher entre seu lado humano e sua metade bruxa. Incapaz de abandonar sua vida normal para estudar feitiçaria, ela vê os seus dois mundos entrarem em rota de colisão e decide confrontar Satanás.

Por que assistir: Com a proposta de misturar terror e comédia, Sabrina acerta no tom ao construir um universo feiticeiro repleto de bizarrices, como sacrifícios humanos e canibalismo. Ao mesmo tempo, consegue fazer humor ao apontar a surrealidade dos costumes. Kiernan Shipka, lançada em Mad Men, brilha como a protagonista.

Super Drags

Super Drags

Ficha técnica: Animação, Brasil, 2018. Criação: Anderson Mahanski, Fernando Mendonça, Paulo Lescaut. Elenco: Pabllo Vittar, Rapha Vélez, Silvetty Montilla, Fernando Mendonça, Sérgio Cantú. Disponível na Netflix.

Sinopse: Super Drags é uma animação protagonizada por três drag queens que lutam para defender os interesses da comunidade LGBT+. As heroínas são acionadas todas as vezes que algum homossexual é vítima de preconceito ou tem sua vida ameaçada por extremistas.

Por que assistir: O texto é carregado de gírias populares entre os gays e faz uma crítica bem-humorada sobre a perseguição e sobre os crimes de ódio que a comunidade enfrenta diariamente, desde os problemas de aceitação por parte de familiares até os assédios sofridos em ambiente de trabalho.

Confira todas as Recomendações

+ Lidas

Notícias da TV

Redes sociais