Gentleman Jack

Gentleman Jack

Ficha técnica: Drama, EUA e Reino Unido, 2019. Criação: Sally Wainwright. Elenco: Suranne Jones, Sophie Rundle, Gemma Whelan, Timothy West. Disponível na HBO (sextas, 22h)

Sinopse: O ano é de 1832 e Anne Lister (Suranne Jones) retorna para uma casa ancestral de sua família, na Inglaterra. Ela vira a chefe da família e passa a fazer vários trabalhos considerados de homens. Lésbica, ela tem como meta cuidar dos negócios dos parentes e achar uma mulher.

Por que assistir: Mesmo ambientada nos anos 1800, as adversidades vividas por Anne Lister são facilmente identificáveis com a realidade de 2019. É uma história real, de Anne Lister, que entrou para a história como a primeira lésbica moderna. A personagem encoraja a telespectadora a escrever sua própria história e a viver felliz.

 

Outras recomendações

The Handmaid’s Tale

The Handmaid’s Tale

Ficha técnica: Drama, Suspense, EUA, 2017. Criação: Bruce Miller. Elenco: Elisabeth Moss, Yvonne Strahovski, Alexis Bledel. Disponível no Paramount+ (novos episódios da terceira temporada estreiam em 15/6).

Sinopse: Ambientada em um Estados Unidos dominado por um governo fundamentalista cristão,  a série acompanha o drama de mulheres férteis sob o domínio de famílias ricas, que as mantêm apenas para procriar.

Por que assistir: Protagonizada por Elizabeth Moss, The Handmaid's Tale conquistou todos os prêmios possíveis em Hollywood e entrou para a história como a primeira série de uma plataforma de streaming a vencer o Emmy de melhor drama. Na terceira temporada, a série promete diminuir as cenas de terror contra as mulheres e vai mostrá-las à frente de um grupo de resistência contra Gilead. São as criadas e empregadas contra o sistema.

Black Summer

Black Summer

Ficha técnica: Drama, EUA, 2019. Criação: Karl Shaefer, John Hyams. Elenco: Jaime King, Justin Chu Cary, Christine Lee, Sal Velez Jr. e Kelsey Flower. Disponível na Netflix.

Sinopse: O apocalipse zumbi começou há seis semanas e habitantes de uma pequena cidade americana buscam refúgio em um estádio para se livrarem dos mortos-vivos. Mas alguns sobreviventes ficam de fora de uma seleção do Exército e não têm outra opção a não ser se virar para escapar dos zumbis e de suas mordidas.

Por que assistir: Black Summer é elétrica, sem tempo para marasmo e papo furado. Os zumbis são velocistas e fortes, nada iguais aos molengos e arrastados de Walking Dead. Os episódios são curtos, movimentados e agradam ao fã de produções com zumbis. A direção usa e abusa de planos sequências, o que só ajuda a série.

Deadly Class

Deadly Class

Ficha técnica: Ação, EUA, 2019. Criação: Rick Remender. Elenco: Benedict Wong, Benjamin Wadsworth, Lana Condor e Maria Gabriela Faria. Disponível no Globoplay.

Sinopse: O órfão Marcus (Benjamin Wadsworth) é recrutado para estudar na King's Dominion, uma escola de elite. Mas essa não é uma instituição comum. Lá, o ensino é voltado aos filhos de criminosos da pesada. As aulas ensinam como matar pessoas com mais eficiência, entre outras táticas.

Por que assistir: Com a produção-executiva dos Irmãos Russo, diretores de Vingadores: Ultimato, Deadly Class é uma excelente pedida para os fãs de ação. Os episódios são bem movimentados e as lutas receberam um acabamento primoroso. A trilha sonora, rica em sons clássicos do rock e punk britânico, também chama a atenção.

Confira todas as Recomendações

+ Lidas

Notícias da TV

Redes sociais