Coisa Mais Linda

Coisa Mais Linda

Ficha técnica: Drama, Brasil, 2019. Criação: Giuliano Cedroni e Heather Roth. Elenco: Maria Casadevall, Pathy Dejesus, Mel Lisboa, Fernanda Vasconcellos, Ícaro Silva, Leandro Lima. Disponível na Netflix.

Sinopse: No Rio de Janeiro de 1959, a paulistana Malu (Maria) luta para conquistar seu espaço em uma sociedade machista, enquanto tenta abrir um clube noturno de bossa nova. Seu caminho se cruza com o de outras três mulheres: a sonhadora Lígia (Fernanda), a batalhadora Adélia (Pathy) e a moderninha Thereza (Mel).

Por que assistir: A quarta série brasileira da Netflix é um deslumbre visual e artístico. A reconstituição da época em que ela se passa impressiona, e o elenco está afinado. A produção também ganha pontos por colocar questões feministas sem forçar a barra ou ser panfletária demais.

Outras recomendações

The Handmaid’s Tale

The Handmaid’s Tale

Ficha técnica: Drama, Suspense, EUA, 2017. Criação: Bruce Miller. Elenco: Elisabeth Moss, Yvonne Strahovski, Alexis Bledel. Disponível no Paramount+ (novos episódios da terceira temporada estreiam em 15/6).

Sinopse: Ambientada em um Estados Unidos dominado por um governo fundamentalista cristão,  a série acompanha o drama de mulheres férteis sob o domínio de famílias ricas, que as mantêm apenas para procriar.

Por que assistir: Protagonizada por Elizabeth Moss, The Handmaid's Tale conquistou todos os prêmios possíveis em Hollywood e entrou para a história como a primeira série de uma plataforma de streaming a vencer o Emmy de melhor drama. Na terceira temporada, a série promete diminuir as cenas de terror contra as mulheres e vai mostrá-las à frente de um grupo de resistência contra Gilead. São as criadas e empregadas contra o sistema.

O Mundo Sombrio de Sabrina

O Mundo Sombrio de Sabrina

Ficha técnica: Chilling Adventures of Sabrina. Terror, EUA, 2018. Criação: Roberto Aguirre-Sacasa. Elenco: Kiernan Shipka, Ross Lynch, Lucy Davis, Miranda Otto, Michelle Gomez, Chance Perdomo. Disponível na Netflix.

Sinopse: Prestes a completar 16 anos, Sabrina Spellman (Kiernan) precisa escolher entre seu lado humano e sua metade bruxa. Incapaz de abandonar sua vida normal para estudar feitiçaria, ela vê os seus dois mundos entrarem em rota de colisão e decide confrontar Satanás.

Por que assistir: Com a proposta de misturar terror e comédia, Sabrina acerta no tom ao construir um universo feiticeiro repleto de bizarrices, como sacrifícios humanos e canibalismo. Ao mesmo tempo, consegue fazer humor ao apontar a surrealidade dos costumes. Kiernan Shipka, lançada em Mad Men, brilha como a protagonista.

Whiskey Cavalier

Whiskey Cavalier

Ficha técnica: Ação, EUA, 2019. Criação: David Hemingson. Elenco: Scott Foley, Lauren Cohan, Tyler James Williams e Ana Ortiz. Disponível na Warner.

Sinopse: O agente do FBI Will Chase (Scott Foley) bate de frente com a agente da CIA Francesca Trowbridge (Lauren Cohan) durante uma missão para capturar o analista Edgar Standish (Tyler James Williams), considerado um traidor dos EUA. A dupla de agentes disputa quem tem a prioridade de resgatar o alvo.

Por que assistir: Os fãs de Castle e Bones vão curtir Whiskey Cavalier. A trama é leve, uma mistura de ação, romance e humor. O entrosamento do trio de protagonistas é muito bom, com destaque para Lauren, que pegou um personagem bem diferente de Walking Dead e deu certo. Já Williams rouba a cena com seu personagem piadista.

Confira todas as Recomendações

+ Lidas

Redes sociais