CANAIS DE NOTÍCIAS

GloboNews e CNN Brasil travam guerra de números de audiência na TV paga

REPRODUÇÃO/GLOBONEWS E CNN BRASIL

Montagem com fotos de César Tralli na GloboNews e Reinaldo Gottino no CNN Novo Dia, da CNN Brasil

César Tralli na GloboNews e Reinaldo Gottino na CNN Brasil: canais travam guerra de números nos bastidores

REDAÇÃO - Publicado em 01/04/2020, às 17h09 - Atualizado às 18h33

Concorrentes, GloboNews e CNN Brasil travam uma guerra nos bastidores com números de audiência da TV paga. Enquanto o canal novato foca os seus levantamentos na Grande São Paulo, principal mercado publicitário do país, a empresa do Grupo Globo divulga os dados do PNT (Painel Nacional de Televisão), que mede a audiência das 15 principais regiões metropolitanas do país.

Na semana passada, por exemplo, a GloboNews comemorou ter ficado sete dias consecutivos (de 23 a 29 de março) como o canal mais visto da TV por assinatura pela primeira vez em sua história. 

Desde o último dia 15, um domingo, quando começou a cobertura sobre a pandemia, a GloboNews foi o canal mais assistido da TV paga no PNT em 13 dos 15 dias, com um alcance de quase 16 milhões de pessoas pelo Brasil --os números representam um crescimento de 120% de audiência em relação à média de 2020.

Na última segunda-feira (30), a empresa do Grupo Globo também foi a que atraiu mais audiência no dia, registrando o triplo da concorrente no mercado nacional. Nesse mesmo dia, a CNN teve o seu pior desempenho na média diária e fechou apenas em 23º lugar no ranking da TV paga.

A GloboNews teve 165.506 telespectadores na média das 24 horas (das 6h de segunda às 6h de terça), enquanto a CNN foi vista por 52.981 pessoas nesse mesmo período. Para se ter uma ideia, o canal novato caiu quatro posições no ranking geral da TV paga de um dia para o outro.

CNN comemora resultados na Grande SP

Enquanto a GloboNews destaca os dados nacionais durante a cobertura do coronavírus, a CNN Brasil divulga os números da Grande São Paulo, que são mais positivos para o canal.

Na média das 7h à meia-noite, entre 23 e 27 de março, a CNN acumulou média de 0,8 ponto na região, o que coloca o canal na vice-liderança entre todos os mais de 50 canais por assinatura, atrás apenas da GloboNews, que teve média de 1,3 ponto no período --uma diferença 0,1 ponto menor em comparação com a semana anterior.

Em comunicado, a CNN ressalta que, entre os dias 23 e 29 de março, somou 3.142 minutos de audiência em primeiro lugar, isolada ou empatada com a GloboNews na Grande São Paulo -são mais de 52 horas de liderança, um aumento de quatro horas em relação à semana anterior.

"A CNN ficou à frente do Canal Viva, Cartoon Network, AXN, Telecine Pipoca, Telecine Premium, Discovery Home & Health, Multishow e Discovery Channel, que registraram entre 0,6 e 0,5 de média. Todos esses canais, incluindo a GloboNews, possuem mais de duas décadas no ar. A CNN completa 20 dias essa semana", destaca o canal.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve passar após Fina Estampa?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook