Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

LUIZ MEGALE X CYNTHIA MARTINS

Jornalistas da Band batem boca na internet em discussão sobre racismo

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Montagem com fotos de Luiz Megale e Cynthia Martins na BandNews

Luiz Megale e Cynthia Martins, da Band; jornalistas discutiram sobre racismo nas redes sociais

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 19/1/2022 - 20h52

Contratados da Band, os jornalistas Luiz Megale e Cynthia Martins discutiram publicamente no Twitter após o apresentador criticar uma discussão sobre racismo e alegar "censura" a visões discordantes. A âncora, então, rebateu na lata: "Certas opiniões não cabem mais".

No Twitter, o ex-apresentador do Café com Jornal (2014-2020) alfinetou jornalistas da Folha de S.Paulo que fizeram uma carta aberta contra colunas consideradas racistas publicadas pelo jornal --em especial um artigo escrito por Antonio Risério e compartilhado no último fim de semana.

Megale criticou os profissionais por se posicionarem contra as decisões editoriais dos diretores do jornal. "Quem decide o que é racista? Respeito, mas lamento que colegas queiram interditar pensamentos dissonantes. Más ideias têm de ser refutadas, jamais caladas previamente", escreveu ele.

Cynthia, que é negra, não se calou diante da mensagem do colega de emissora. "Megale, eu respeito seu trabalho, mas como imprensa que tem nas mãos o poder de mover as estruturas, você minimamente poderia entender que seu comentário não ajuda", começou.

"Estive no seu programa pra falar de cultura negra recentemente e reforcei a urgência de exercitar a escuta. Se negros estão dizendo que foi racista (além de mal escrito e mal embasado), o que custa você, como homem branco da imprensa, ouvir e entender que esse texto feriu e fere muita gente?", postou a jornalista.

Para finalizar, ela sentenciou: "Não é sobre interditar pensamentos. É sobre entender que certas 'opiniões' não cabem mais". Até a conclusão deste texto, Megale não havia respondido aos comentários de Cynthia.

Porém, a um seguidor chamado Fernando Galvão, que sugeriu que quem decide o que é racismo é a lei, o jornalista rebateu: "Para isto, existem a Constituição e o Código Penal, e a Folha ou nenhum jornal sério jamais publicarão artigos francamente criminosos".

Confira as postagens dos jornalistas:


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Web Stories

+
A Favorita: Veja 7 atores da novela que sumiram da GloboPão Pão, Beijo Beijo chega no Viva 39 anos depois: Quais atores já morreram?Resumo de Pantanal: Madeleine sofre tragédia, e Bruaca se choca com podridão do maridoGkay já fez harmonização facial? Veja antes e depois da influenciadoraNovela Pantanal: Descubra quem é Guito, o ator que interpreta Tibério na trama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas