Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NA GLOBONEWS

Ex-garçom de Jô Soares na Globo vai às lágrimas: 'Eu vi o sofrer dele fora da TV'

REPRODUÇÃO/GLOBOPLAY

Alex Rubio às lágrimas em entrevista à GloboNews; Jô Soares em programa da Globo

Alex Rubio aparecia com frequência no Programa do Jô na Globo, sempre como garçom no palco

IGRAÍNNE MARQUES

igrainne@noticiasdatv.com

Publicado em 5/8/2022 - 21h52

Alex Rubio, ex-garçom de Jô Soares na Globo, foi às lágrimas ao abrir o coração sobre o apresentador em uma conversa com a GloboNews. Bastante emocionado, Rubio teve que parar várias vezes para se recompor e deu detalhes sobre a trajetória o humorista, a quem chamou de "Paizão". "Eu vi o sofrer dele fora da TV", disse. 

"Realmente está muito difícil eu falar do patrão agora", começou Rubio, já pedindo desculpas pelas lágrimas. "Eu chorei a manhã inteira. A gente convivia o dia inteiro no canal. É difícil falar agora dele. Agora é recordar, lembrar dele, falar o que ele foi. Para mim foi o melhor artista, um gênio. O melhor artista brasileiro. Eu tive a honra, por 23 anos, de trabalhar com ele", lembrou. 

"O Jô era uma pessoa muito especial, era muita coisa. A inteligência dele, o carisma, a simpatia, enfim. Ele, para mim, vou resumir em só uma palavra, era um paizão. Ele sempre se portou muito bem comigo, as brincadeiras que ele fazia comigo, as piadas, eu levava numa boa. Porque eu conhecia ele pessoalmente e sabia o homem por trás disso", disse. 

Deixando as lágrimas caírem, Rubio disse que sempre se sentiu honrado em trabalhar com o apresentador, porque foi Jô quem o ensinou a valorizar a profissão.

"Era muito bom estar com ele. Até quando ele me chamava a atenção. Por isso que eu digo que ele era um paizão, porque eu só aprendi com ele. Aprendi a amar a profissão que eu tinha. Por mais humilde que ela fosse", disse.

E sempre respeitar a profissão da gente. Porque ele podia estar muito doente, podia estar com muita dor, mas ele estava ali sentado, rindo. E ninguém sabia que estava sofrendo. E isso me deixava perplexo. Era uma coisa que eu via o sofrer dele fora da TV. E ali na câmera ele era outra pessoa. Para mim era fascinante ver o força q ele tinha, o amor que ele tinha pela profissão, pelas pessoas e o amor que ele tinha ao Brasil. 

O que tinha na caneca do Jô?

Na sequência, Rubio lembrou que chegou a ser parado na rua mais de mil vezes por pessoas que o questionavam a respeito do conteúdo da caneca do apresentador. Para manter o segredo, ele não revelava. Agora, no entanto, decidiu abrir o jogo.

"Às vezes ele tomava até sopa, nos dias frios, tomava uma sopinha na caneca, água, refrigerante. O legal é que ele nunca misturava álcool à profissão. Apesar que ele fez uma entrevista memorável onde ele bebeu com o convidado até ficar bêbado. E ele não ficou bêbado, ele dizia que estava alegre", riu o garçom, lembrando.

Mas na verdade ele estava bem. A gente olhava para ele e não acreditava. Por tudo o que ele bebeu. Tequila, vodca. Até whisky. E ele continuava. O convidado já estava mal e ele, por incrível que pareça, estava firme. Apesar que ele sentia os efeitos do álcool. Mas para a gente ele estava bem. E isso que era incrível, era uma pessoa incrível.

"Eu não sei, só conhecendo ele, e trabalhando com ele, que você tem a noção do que era o Jô Soares. E lamentavelmente eu e o Brasil o perdemos hoje", lamentou. 

23 anos juntos na TV

Jô Soares e Rubio começaram a trabalhar juntos quando o garçom anterior do humorista, Felipe, faleceu em um assalto a mão armada. Na época, Jô procurou Rubio porque o profissional era primo de Felipe. 

"Por que tem que ser tão difícil? Meu começou foi bem difícil, porque trabalhar sabendo que estava no lugar do meu amado primo... A gente se dava muito bem, como irmãos. E quando eu o perdi, foi muito duro. Me deixou triste e contente, por trabalhar com o senhor Jô, uma mistura muito estranha", começou.

"Vivi um momento muito particular. Eu acabei aceitando [o convite] e tive a felicidade de viver com ele [Jô] por 23 anos. Eu sinto muita falta dele", relevou, emocionado. 

Jô Soares morreu na madrugada desta sexta (5), aos 84 anos, em São Paulo. Ele estava internado desde o fim de julho no Hospital Sírio-Libanês para tratar problemas urinários. A família não deu detalhes sobre a causa da morte e organizou um velório fechado apenas para os amigos mais próximos. 


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube para conferir nossos boletins diários, entrevistas e vídeos ao vivo sobre reality show:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.