Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MEMÓRIA DA TV

Duas novelas sem JN: Como era a Globo há 54 anos na estreia de Tarcísio e Glória

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Os atores Tarcísio Meira e Glória Menezes aparecem em preto e branco em cena da novela Cavalo de Aço, que exibida em 1973 pela Globo

Tarcísio Meira e Glória Menezes em cena da novela Cavalo de Aço, exibida em 1973 pela Globo

THELL DE CASTRO

Publicado em 26/6/2022 - 6h54

Dispensados do elenco fixo da Globo em 2020, Tarcísio Meira (1935-2021) e Glória Menezes estavam na emissora desde 1967, quando chegaram da TV Excelsior para estrelar a novela Sangue e Areia, que terminava há 54 anos, em 25 de junho de 1968.

Para ter uma ideia do período, a programação do canal, então com pouco mais de dois anos de vida, era bastante diferente do que tradicionalmente conhecemos.

O primeiro fato relevante é que a Globo ainda não era uma rede nacional. As programações do Rio de Janeiro (RJ) e de São Paulo (SP), onde o canal se chamava TV Paulista, eram bastante diferentes --a própria Sangue e Areia estreou na capital fluminense em 18 de dezembro de 1967 e na capital paulista apenas em fevereiro de 1968.

A Rede Globo como a conhecemos foi lançada em 6 de fevereiro de 1968, em grande festa em São Paulo, contando apenas com as emissoras do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Juiz de Fora (MG), Conselheiro Lafaiete (MG) e Bauru (SP).

Mas vamos focar no Rio de Janeiro. Na época da estreia de Tarcísio e Glória na Globo, a emissora entrava no ar às 11h, com o programa infantil Uni Duni Tê, apresentado por Tia Fernanda.

À tarde, era exibido o Capitão Furacão, com Pietro Mário (1939-2020), que tinha como assistente a jovem Elisângela. Outro espaço para as crianças era o Zás Trás, que exibia desenhos em duas edições diárias.

Após diversos enlatados no período da tarde, como séries e filmes norte-americanos, a Globo exibia, às 19h, a Sessão das Sete. Jornal Nacional? Esqueça, porque ainda não existia, sendo criado somente dentro de dois anos, em 1969. As notícias vinham por meio do Jornal da Globo, às 19h30.

Tarcísio Meira em Sangue e Areia

Tarcísio Meira em Sangue e Areia

Sangue e Areia era exibida às 20h. Em seguida, às 20h30, eram exibidos os programas da linha de shows, como Dercy de Verdade (sextas), Discoteca do Chacrinha (quartas) e Oh, Que Delícia de Show (terças), entre outros. Às 21h30, quando atualmente começa a principal novela do canal, era exibida a outra trama da grade: O Homem Proibido, também conhecida como Demian, o Justiceiro.

Em seguida, vinha a Sessão das Dez, que exibia filmes com apresentação de Célia Biar (1918-1999) e o famoso gato Zé Roberto, que ficava em seu colo. O colunista social Ibrahim Sued (1924-1995) também tinha um curto programa.

A programação era fechada à 0h, com a Sessão da Meia-Noite. No dia 20 de dezembro de 1967, por exemplo, foi exibido o filme Homem Contra o Perigo, com Michael O'Shea e Charles McGraw, produzido em 1949. Ao contrário dos dias atuais, quando fica no ar ininterruptamente, a Globo e os demais canais ficavam fora do ar durante a madrugada.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.