Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MADRUGADA OLÍMPICA

Destaque em Tóquio, Everaldo Marques vira astro em maratona dos Jogos de Inverno

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Everaldo Marques, da Globo, com uniforme azul, óculos de grau preto, sorrindo com um fundo cinza

Everaldo Marques, narrador esportivo da Globo, será o grande astro dos Jogos de Inverno

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 18/1/2022 - 6h30

Everaldo Marques será o principal astro da Globo nas transmissões dos Jogos Olímpicos de Inverno, que começam no próximo dia 4, em Pequim, na China. Sua popularidade, que disparou após os eventos esportivos de Tóquio no ano passado, será usada pela emissora para chamar a atenção do público nas madrugadas.

A Globo confirmou ao Notícias da TV que Marques vai comandar os esportes mais populares, como curling e patinação artística. Ele também fará as vezes de apresentador das cerimônias de abertura e encerramento, papel que já tinha ocupado nos Jogos Paralímpicos também.

Além de Everaldo Marques, a Globo escalou para o narrador Daniel Pereira. Dandan, como é conhecido, vai narrar diversas modalidades. É a primeira vez que ele vai cobrir um grande evento na TV aberta. Normalmente, é usado pelo SporTV em jogos de futebol e futsal.

Por falar no canal pago, dois nomes serão prioritários nas transmissões. Natália Lara, que se destaca em jogos de futebol e vôlei, e Sergio Arenillas, jovem nome que chamou a atenção do público em Tóquio-2020 comandando os eventos de skate. Juntamente com eles, Bernardo Edler será uma espécie de curinga e terá uma rotatividade grande nas escalações.

Ao todo, a Globo enviará dez profissionais para o país asiático. Uma novidade é Tatiana Bueno, que será a primeira cinegrafista mulher a cobrir um grande evento na emissora. Os trabalhos da equipe toda também serão comandados por uma mulher, Mariana Bonfim.

Entre os nomes conhecidos do grande público, estão três repórteres --Guilherme Roseguini, José Renato Ambrósio e Rodrigo Franco. Completam a equipe dois produtores, uma produtora executiva e três repórteres cinematográficos.

Na TV aberta, a emissora oferecerá mais de 70 horas de transmissões ao longo dos 17 dias de competição, além da cobertura em todos os telejornais. A maioria dos eventos ao vivo estará no horário da madrugada, entre o Jornal da Globo e o Hora 1, por causa do fuso horário.

Já no SporTV, serão mais de 160 horas ao vivo. O canal esportivo da Globo, assim como fez em Tóquio, vai lançar um programa especial diário para abrir todos os dias de competição no horário nobre.


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.