Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

VEM AÍ

Autora de Amor de Mãe dá a largada na segunda temporada de Justiça

DIVULGAÇÃO/GLOBO

Manuela Dias com uma roupa preta e um sorriso em uma foto de divulgação da Globo

Manuela Dias, autora da Globo, começou a escrever a segunda temporada da série Justiça

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 22/1/2022 - 14h04

Autora de Amor de Mãe (2019), Manuela Dias começou a escrever a segunda temporada de Justiça, minissérie que fez sucesso na Globo em 2016. A continuação do projeto não tem previsão de estreia, mas já foi alardeado que as histórias cruzadas serão ambientadas em Goiânia (GO).

O anúncio foi feito pela própria novelista em sua conta no Twitter na sexta (21). "Comecei a escrever Justiça 2! Feliz demais!", escreveu Manuela. Também já existem alguns colaboradores trabalhando com a autora nas histórias.

Segundo o colunista Flávio Ricco, do portal R7, Walter Daguerre será um dos colaboradores da obra. Manuela também conta com a pesquisadora e antropóloga Aline Maia, que já fez consultoria para outras tramas da TV. Outros nomes ainda vão chegar para a equipe.

A principal novidade de Justiça 2 será a mudança de ambientação. A nova trama vai se passar em Goiânia --a primeira temporada era ambientada em Recife (PE). Curiosamente, é na capital de Goiás onde a Globo tem um de seus piores desempenhos em todo o Brasil, com audiência bem mais baixa que o normal no país.

Exibida entre 22 de agosto e 23 de setembro de 2016, com 20 capítulos, Justiça apresentou uma trama inovadora à TV: a cada dia da semana, uma história era contada, e em todas os personagens buscam por justiça. A que mais fez sucesso foi a história de Fátima, interpretada por Adriana Esteves.

Fátima era uma empregada doméstica que matou o cachorro do policial Douglas (Enrique Díaz) por morder seu filho. Como vingança do homem corrupto, ela acabou presa incriminada por tráfico. Quando foi solta, pretendia reconstruir a família, mas o marido Waldir (Ângelo Antônio) morreu, seu filho Jesus (Bernardo Berruezo/Tobias Carrieres) se tornou morador de rua, e a filha Mayara (Letícia Braga/Julia Dalavia) estava se prostituindo.

Justiça foi muito elogiada pelo público e crítica. Em São Paulo, a audiência ficou sempre na casa dos 28,3 pontos de média na capital paulista, um índice excelente para a faixa das 23h. 


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.