Lançamento

Philips anuncia 25 novas TVs, mas atrasa primeiro modelo Ultra HD

Eduardo Bonjoch

Novas TVs iluminam paredes e mudam a coloração de lâmpadas especiais de acordo com a imagem da tela - Eduardo Bonjoch

Novas TVs iluminam paredes e mudam a coloração de lâmpadas especiais de acordo com a imagem da tela

EDUARDO BONJOCH - Publicado em 30/04/2014, às 19h56 - Atualizado em 02/05/2014, às 10h02

TVs com acesso à internet e que expandem as cores predominantes na tela para as paredes e até “lâmpadas inteligentes”. Essas são as principais apostas da Philips, marca atualmente controlada pelo grupo TP Vision, em sua linha de televisores 2014, lançada nesta semana em São Paulo.

Ao todo, são 25 novos modelos, de 32 a 65 polegadas, dos quais 19 acessam conteúdos na web. Os preços variam de R$ 1.149 (modelo de 32 polegadas mais barato, com resolução HD) até cerca de R$ 10.000 (TV top de linha de 65 polegadas).

Telas maiores e luz nas paredes

Entre os televisores da linha 2014, estão seis modelos de tela grande, segmento que vem crescendo no país. São quatro de 55 e dois de 65 polegadas. Todos trazem luzes no gabinete, que iluminam as paredes da sala de acordo com as cores exibidas na tela. Essa função, exclusiva da Philips, pode ser vista em 80% das TVs do fabricante em 2014.

A principal novidade está na integração do recurso com as lâmpadas de LED HUE, comercializadas pela mesma marca. Até três “lâmpadas inteligentes” podem funcionar em sincronia com a TV, expandindo a mesma coloração das bordas do gabinete para abajures e luminárias distribuídas pelo ambiente.

Sinal amarelo para o 4K

Na contramão dos principais fabricantes de TV, a Philips só vai lançar o primeiro modelo com resolução 4K (ou Ultra HD, de Ultra High Definition) no final do ano. O grande avanço dessas TVs está na definição de 3.840 x 2.160 pixels, que é quatro vezes superior à Full HD. Na prática, isso se traduz em um maior detalhamento e profundidade da imagem.

“Hoje, não faz sentido ter uma TV 4K em casa, porque não há oferta de conteúdo”, afirmou André Romanon, gerente de TV da empresa. As poucas opções disponíveis no momento vêm da internet, e nem todos os televisores 4K à venda estão preparados para reproduzir esse conteúdo: são vídeos do YouTube e da Netflix, com destaque para a segunda temporada de House of Cards. A banda larga também precisa ser robusta. A orientação é que o usuário tenha um plano a partir de 15 Mbps.

Explosão das TVs conectadas

“Notamos um crescimento de 400% nas visitas ao conteúdo on-line das nossas TVs nos últimos 12 meses”, comenta Luis Bianchi, gerente de marketing de smart TVs. Segundo ele, quase 70% dos usuários de TVs com internet utilizam esse recurso com frequência. “O consumidor chega a acessar a internet pela TV cerca de 25 vezes ao mês, com destaque para os finais de semana.”

Entre os conteúdos de maior relevância para o fabricante, estão os aplicativos de vídeos e filmes, como YouTube, Netflix e NetMovies, emissoras de TV, como a Band, e redes sociais, principalmente Facebook e Twitter. “Mais cedo ou mais tarde, todas as emissoras de TV aberta estarão oferecendo conteúdo nas TVs com acesso à internet, porque é uma tendência mundial”, diz Bianchi.

Quanto ao modelo de negócio, ele acredita na consolidação da oferta gratuita desse tipo de conteúdo. “Temos parcerias internacionais com várias emissoras de TV e o modelo é sempre o mesmo: conteúdo grátis. Por que aqui seria diferente?”, declara. Por outro lado, ele não descarta a inserção de publicidade nos vídeos.

LEIA TAMBÉM:

Dr. Rey fica apenas de cueca para Danilo Gentili em entrevista no SBT

Em Família: Helena ameça matar Laerte para evitar nova tragédia

Fiéis da Igreja Universal bancam até série bíblica da Record

Justiça absolve Danilo Gentili por oferecer banana a internauta negro

Silvio Santos ameaça contratar Rezende e Bacci e apavora Record

Para levantar ibope, Globo mostra Bruna Marquezine quase nua


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook