Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

O HOSPITAL

Record foge da linha Grey's Anatomy e desafia médicos em nova série

REPRODUÇÃO/ABC E REPRODUÇÃO/PLAYPLUS

Montagem com Cristina Yang, personagem de Sandra Oh em Grey's Anatomy, e Robinson Poffo, cirurgião do Hospital Moriah

Cristina Yang (Sandra Oh) e Robinson Poffo, cirurgião do Hospital Moriah; série estreia nesta sexta-feira (25)

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 25/6/2021 - 6h35

Enquanto os médicos de Grey's Anatomy vivenciam casos urgentes de um pronto-socorro, a Record decidiu se aventurar em outro lado da medicina: as cirurgias eletivas. Assim, os telespectadores de O Hospital, que estreia nesta sexta-feira (25), terão a oportunidade de acompanhar os bastidores dessas operações com um desafio extra colocado pela própria emissora.

"Não estamos acostumados a sermos 'seguidos', entrar no ambiente do dia a dia com uma câmera filmando, o pessoal testando áudio. É um desafio, mas acho que é uma excelente oportunidade de o público em geral ter acesso ao que é um hospital dessa magnitude. Costumo brincar que é mais fácil operar um coração do que dar uma entrevista", pontua Robinson Poffo, cirurgião cardíaco e um dos médicos da série.

Gravada no Hospital Moriah, que pertence a Edir Macedo, a produção foi realizada durante a pandemia da Covid-19 e mostra casos reais, como um paciente com tumor cerebral e uma cirurgia robótica no coração.

"O forte do Moriah não é pronto-socorro, mas sim cirurgias eletivas, então fomos por esse foco. Acaba sendo inovador do ponto de vista de série médica. Geralmente, elas focam nas emergências, casos de acidente. Aqui, a gente mostra casos de alta complexidade", destaca Pablo Toledo, chefe de redação do núcleo de reportagens especiais da Record.

O jornalista também reforça que o público terá a oportunidade de conferir o lado humano dos profissionais da saúde: "Acho que vamos ter um registro inédito. Depois de um tempo, com esse formato gravado como um reality, os profissionais esquecem que as câmeras estão ali e se soltam. Conseguimos mergulhar bem nesse centro de decisão sobre como são tomadas as decisões dos médicos".

Antonio Guerreiro, vice-presidente de Jornalismo da Record, afirma que produções documentais e ficcionais serviram como referência para os jornalistas responsáveis pela produção, mas que o telespectador de O Hospital conferirá um produto original da emissora.

"É um formato próprio, pensado e dividido em seu roteiro de uma maneira original pela nossa equipe. Existe a possibilidade de uma nova temporada, vamos acompanhar o desempenho dela, mas temos histórias muito boas para serem contadas", comenta o executivo.

O Hospital estreia nesta sexta-feira (25), às 23h, após o Power Couple Brasil. O primeiro episódio da série já está disponível no PlayPlus, serviço de streaming da Record.

Confira o trailer de O Hospital:


Leia também

Web Stories

+
Vômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das OlimpíadasBárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acalorada

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?