Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SÉRIE DO DISNEY+

Gavião Arqueiro: Marvel mira futuro e estreia vilã em episódio com batalha épica

Divulgação/Marvel Studios

Hailee Steinfeld como Kate Bishop em Gavião Arqueiro

Hailee Steinfeld é Kate Bishop em Gavião Arqueiro; novo episódio teve batalha épica e introduziu vilã

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 1/12/2021 - 14h43

Nova série do Disney+, Gavião Arqueiro teve o seu terceiro episódio exibido nesta quarta-feira (1º) e contou a sua batalha mais épica até agora. A aventura protagonizada por Clint Barton (Jeremy Renner) e Kate Bishop (Hailee Steinfeld) não apenas estreou sua nova vilã, como começou a mirar o futuro do Universo Marvel após o fim da atração.

Intitulado Echos (Ecos, em tradução livre), o novo episódio é uma clara referência à personagem Maya Lopez (Alaqua Cox), introduzida nos instantes finais do anterior. A série da Marvel a apresenta como um vilã e líder da Gangue dos Agasalhos. Nos quadrinhos, no entanto, a personagem veste o manto da heroína Echo.

Echo é uma das poucas heroínas surdas da Marvel nos quadrinhos e tem uma série solo em desenvolvimento pelo estúdio. Depois de Agatha: House of Harkness, será o mais novo spin-off das atrações do MCU exclusivas para o Disney+.

A própria história de introdução de Maya na série sugere o que pode vir a acontecer no futuro do Universo Marvel. Nos quadrinhos, a heroína também veste o manto de Ronin depois que Clint Barton volta a assumir a identidade do Gavião Arqueiro. Pois é o uniforme de Ronin que faz com que o destino dos dois personagens se cruzem na atração.

REPRODUÇÃO/MARVEL STUDIOS

Alaqua Cox interpreta Maya Lopez

Alaqua Cox interpreta Maya Lopez

A série revela que foi Clint, com a identidade de Ronin, quem matou o pai e diversos aliados de Maya anos antes dos eventos de Gavião Arqueiro. Para os fãs que já se esqueceram da linha temporal do MCU, o especialista em arco e flecha abandonou os Vingadores depois de perder toda a família na derrota para Thanos em Guerra Infinita (2018). Tomado pela raiva, ele passou a viajar pelo mundo com o intuito de assassinar pessoas envolvidas com o crime.

A atitude de Clint desencadeou a trama da série. Ao ver Kate vestida com o uniforme do Ronin, Maya mandou seus capangas sequestrarem a dupla para obter respostas. Com sequências que navegam entre o humor e ótimas cenas de ação, a batalha entre heróis e vilões foi a melhor de Gavião Arqueiro até agora.

Além da habilidade de rir de si mesma --a série brinca constantemente com o fato de Clint Barton não ser um Vingador popular--, a produção acerta em cheio os corações dos fãs de quadrinhos com inúmeras referências. Do nome do cachorro caolho ao uniforme original do Gavião Arqueiro, a Disney sabe de cor como agradar o seu público.

Já na metade de sua trajetória, a série tem na química entre Renner e Hailee a sua maior qualidade. A relação quase de pai e filha mostra como Kate precisa de uma referência paterna e busca em Clint o seu modelo perfeito. O herói, no entanto, ainda carrega a culpa de seus atos como Ronin e não se vê à altura de ser um exemplo para ninguém.

Direto ao ponto, Gavião Arqueiro encerra o seu terceiro episódio com uma nova provocação sobre quem é o grande vilão da trama. Clint sabe que existe alguém acima de Maya, enquanto Kate tenta provar a ligação de Jack (Tony Dalton) com a morte de Armand (Simon Callow). Como nos quadrinhos o personagem usa a identidade do vilão Espadachim, é provável que mais surpresas surjam nas próximas semanas.

Assista ao trailer de Gavião Arqueiro:


Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
Final de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca RecordAntes da estreia, BBB22 já rendeu treta entre famosos, tentativa de redenção e mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas