Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SUCESSO DA NETFLIX

Elite abraça 'lado Malhação' e volta ainda mais picante na quarta temporada

Divulgação/Netflix

Omar Ayuso e Arón Piper se beijam em cena da quarta temporada de Elite

Omar (Omar Ayuso) e Ander (Arón Piper) estão de volta em cenas sensuais na quarta temporada de Elite

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 18/6/2021 - 6h25

Um dos maiores sucessos da Netflix, Elite está de volta com episódios inéditos nesta sexta-feira (18). Na quarta temporada, a atração teen retorna com cenas ainda mais picantes e abraça o seu "lado Malhação" ao mesclar novos e antigos personagens em dramas repetidos.

Com a saída de Ester Expósito (Carla), Danna Paola (Lu), Álvaro Rico (Polo) e Valerio (Jorge López), os criadores Darío Madrona e Carlos Montero tiveram de povoar novamente o elenco principal com novos personagens. Para essa difícil missão, foram escalados Carla Díaz (Ari), Manu Ríos (Patrick), Marina Cariddi (Mencía) e Pol Granch (Phillippe).

Os novos rostos movimentam grande parte da trama do quarto ano, com os recém-chegados se envolvendo quase que imediatamente com os protagonistas veteranos do colégio Las Encinas.

Remanescentes do elenco, Itzan Escamilla (Samuel) Miguel Bernardeau (Guzmán), Claudia Sallas (Rebeka), Georgina Amorós (Cayetana), Arón Piper (Ander) e Omar Ayuso (Omar) logo se veem novamente enrolados em dramas depois de uma série de mortes ter abalado os alunos nas temporadas anteriores.

A introdução dos novos rostos não poderia ser menos confortável para os roteiristas. Ari, Patrick e Mencía são todos filhos de Benjamin (Diego Martin)  novo diretor do colégio, que demitiu a mãe de Ander e assumiu a posição de maneira autoritária. Como em um passe de mágica, os três se envolvem (romântica e sexualmente) com os antigos protagonistas desde o primeiro dia na nova escola.

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Ari, Benjamin, Mencía e Partrick

Apesar do sucesso com o público, Elite nunca foi reconhecida por apresentar narrativas originais ou pouco abordadas. Sua base principal, além da requentada trama de "quem matou?", é a ousadia de exibir cenas para lá de sensuais entre os jovens personagens, que ainda têm menos de 20 anos.

Desta vez, a série atinge um nível ainda mais picante ao colocar o adorado casal Omar e Ander em um triângulo amoroso --novamente uma história requentada dos anos anteriores. Patrick chega ao Las Encinas como o mais novo gay gato do colégio, e logo chama a atenção dos dois.

Depois de sofrerem com altos e baixos nas temporadas anteriores, Omar e Ander novamente entram em conflito após a chegada do moreno de olhos claros.

O drama, no entanto, muitas vezes dá lugar às cenas de sexo mais exuberantes da quarta temporada. Rios, Pier e Ayuso não pegam leve e se entregam totalmente à narrativa, mostrando que, nesse quesito, Elite continua à frente de seu tempo.

Como em Elite quem não tira a roupa parece não fazer parte do elenco, a série não perde tempo e coloca Ari, Mencía e Phillippe para se aventurar sexualmente com os veteranos. E, em meio a corpos suados e disputas amorosas, um novo crime envolvendo todos os jovens assume a posição do mistério a ser desvendado até o último episódio.

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Samuel e Guzmán estão de volta

Novos rostos, mesmos dramas

A chegada de novos personagens ajuda a oxigenar a nova temporada de Elite, mas não altera o formato já pré-estabelecido nos anos anteriores. Mais uma vez, um trisal precisa superar o ciúme entre as partes, enquanto duas pessoas se veem em disputa por um mesmo coração.

Entre os veteranos, quem mais parece ter evoluído com a quarta temporada é Samuel. Apesar de se encantar por Ari, a nova patricinha da momento, o ex-protagonista parece ter aprendido a ter um pouco mais de amor próprio. Se antes ele vivia para agradar e mudar suas paixões, desta vez ele consegue manter um dos pés no chão.

O mesmo não pode ser dito de Guzmán. A saída de Nadia (Mina El Hammani, que ainda faz breves aparições) deixa o rapaz com poucas opções criativas, e o resultado é uma disputa infantil com Samuel, que havia se tornado seu amigo após inúmeras brigas nos primeiros anos, pela atenção de Ari.

A regressão do personagem é tanta que até seu lado playboy classista, que havia desaparecido por conta de sua paixão por Nadia, vem à tona novamente. Para humilhar Samuel na frente de Ari --também intragável em certos momentos--, piadas antiquadas mostram que, talvez, a solução era ter colocado Guzmán para ir estudar nos Estados Unidos ao lado de seu grande amor.

Cayetana e Rebeka, que em um dos curtas de Elite que antecederam a nova temporada pareciam ter criado laços mais forte, não vingaram na amizade, mas se tornaram protagonistas das próprias narrativas. A dupla deixou de "completar" tramas paralelas e ganhou novos romances --sempre, claro, com muito sexo.

Com o quinto ano já encomendado, a equipe de Elite sabe que é preciso apenas seguir sua premissa básica para manter uma base sólida de fãs. Se o processo visto muitas vezes em Malhação continuar, veteranos entregarão seus lugares a novos corpos suados e outros mistérios a serem desvendados, sem qualquer cobrança de uma história verdadeiramente nova.

Assista ao trailer da quarta temporada de Elite:


Leia também

Web Stories

+
Nos Tempos do Imperador: Conheça os personagens da nova novela da GloboMeghan Markle completa 40 anos: Veja cinco papéis da duquesa de Sussex na TV e no cinemaLonge de Hollywood: Veja como estão os atores de O Diário da PrincesaDe vício em games a indicação ao Emmy: Como estão os atores de A ViagemVômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das Olimpíadas

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Galvão Bueno merece ganhar um programa aos domingos na Globo?