Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NONA TEMPORADA

Desgastado, MasterChef copia BBB e coloca 'jogo da discórdia' na estreia

REPRODUÇÃO/BAND

Imagem de Henrique Fogaça (à esq.) avaliando o prato de Rafael na bancada do MasterChef 9

Henrique Fogaça avalia prato de Rafael no MasterChef 9; estreia teve 'jogo da discórdia'

PAOLA ZANON

paola@noticiasdatv.com

Publicado em 18/5/2022 - 8h54

A estreia da nona temporada do MasterChef Brasil aconteceu na Band na noite de terça-feira (17) e trouxe novas dinâmicas para os 16 novos competidores, que tiveram que enfrentar um "jogo da discórdia" como no Big Brother Brasil, da Globo. Coube ao quarteto de destaques positivos da primeira prova indicar colegas do "limbo" para correrem o risco de sair do programa na prova de eliminação.

As apresentações dos participantes ocorreram à medida que os jurados Henrique Fogaça, Helena Rizzo e Erick Jacquin conversavam com eles ao longo da primeira prova.

Na dinâmica, todos os competidores receberam uma caixa surpresa e, ao abrirem, descobriram que dentro havia um prato típico da região em que nasceram. Mas não houve conforto; eles precisaram trocar de lugar e fazer pratos de outras regiões que nunca provaram antes e, em alguns casos, nem sabiam que existia.

Os destaques positivos que se salvaram logo de cara da prova de eliminação foram Renato, Adílio, Melina e Daniel, sendo que o primeiro deles foi o campeão da prova com um bolo indiano. Já os destaques negativos foram Fernanda e Genesca, que acabaram punidas com cinco minutos a menos na disputa eliminatória.

Jogo da discórdia

As inimizades começaram quando os destaques positivos ganharam poderes. Campeão da prova, Renato pôde escolher alguém para tentar se salvar em uma dinâmica especial e deu essa chance a Fernando. Ele, por sua vez, precisou puxar outro competidor para duelar com ele, e o eleito foi Bruno --o perdedor ganharia uma vaga na prova de eliminação.

De olhos vendados, a dupla fez uma degustação de sabores impensáveis de sorvete como feijoada, tomilho e wasabi. Bruno, que não ficou nada feliz ao ser desafiado por Fernando, levou a melhor ao acertar três sabores primeiro.

As outras três vagas restantes na berlinda foram decididas pelos outros três destaques positivos, que tiveram que se comprometer logo no primeiro programa. Adílio escolheu Jason, Melina votou em Paraskevi e Daniel optou por Rafael. O trio eleito correu risco de sair do programa logo na estreia.

Quem saiu?

Os seis participantes que fizeram a prova da eliminação precisaram reproduzir um prato que Erick Jacquin cozinhou na frente deles: coelho recheado. Os competidores foram desafiados a copiar desde o sabor até a apresentação. Cada um teve uma hora e 15 minutos para cumprir a tarefa, com exceção de Fernanda e Genesca, que tiveram cinco minutos a menos.

Jason e Rafael prepararam os dois melhores pratos. Paraskevi e Fernando passaram raspando e foram até proibidos pelos jurados de comemorar. As duas piores, novamente, foram Fernanda e Genesca.

Os jurados não pouparam críticas à dupla, que desagradou desde a primeira prova. A eliminada da noite foi Fernanda, porque ela esqueceu de colocar um dos ingredientes no prato final. "Genesca, você ficou por uma batata", enfatizou Jacquin, que também não a deixou comemorar a permanência.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.