Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NA QUARENTENA

Dira Paes traz à tona guerra de irmã médica e choque que teve em Fina Estampa

JOÃO MIGUEL JÚNIOR/TV GLOBO

A atriz Dira Paes caracterizada como a Celeste em cena de Fina Estampa, novela da TV Globo

A atriz Dira Paes interpreta Celeste em Fina Estampa; personagem é vítima de violência doméstica

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro

Publicado em 17/5/2020 - 5h19

Dira Paes confessa um misto de orgulho e preocupação com sua irmã médica, Eneida Paes. A pneumologista está na linha de frente do combate ao coronavírus (Covid-19) em uma das cidades mais afetadas do país, Belém (PA). "Ela está no olho do furacão", revela a atriz. Ao Notícias da TV, ela conta ainda que ao rever Fina Estampa lembrou o choque que teve em seu laboratório sobre violência doméstica para fazer Celeste.

Distante da capital paraense, a intérprete cumpre as recomendações de isolamento social em sua casa no Rio de Janeiro ao lado do marido, Pablo Baião, e dos filhos Inácio e Martim, de 12 e quatro anos. Os seus pensamentos, no entanto, estão sempre com a família no Norte do país, especialmente em Eneida.

"Estamos todos preocupados com o cotidiano dela, então a gente tenta vibrar positivamente. Uma vibração que vai também para todas as outras mães que trabalham na saúde, que transferem para os seus pacientes um pouco desse amor maternal", filosofa a artista.

Em busca de equilíbrio, ela deixa para trás as aflições ao acompanhar de perto o crescimento dos meninos. "A gente tem o privilégio de um imóvel grande em que o Inácio pode andar de bicicleta no quintal, sem contar a delícia que é ver o Martim descobrindo letras e números que ele não conhecia antes", derrete-se.

De volta ao passado

Em casa, a paraense também tem acompanhado a reprise de Fina Estampa, novela de 2011 na qual interpreta Celeste, uma mulher que é espancada pelo marido, Baltazar (Alexandre Nero). "Antes, eu achava que a violência doméstica se dava apenas durante um período da vida, mas ao conversar com especialistas me choquei ao saber que há mulheres que são agredidas durante 20 ou 30 anos", lamenta.

Ela espera que a personagem consiga mais uma vez conscientizar o público sobre o problema, especialmente diante dos números crescentes de ocorrências durante a quarentena. "A novela ressuscitou esse tema com muita atualidade na pandemia e faz sentir que não avançamos muito em medidas de proteção", avalia a atriz.

Dira relembra que uma das suas cenas mais marcantes no folhetim foi quando a amiga de Griselda (Lilia Cabral) enfrentou o marido pela carreira artística da filha, a funkeira Sol (Carol Macedo).

"Mesmo violada física e moralmente, ela apoia a filha no seu segredo. Se arrisca, vai atrás desse sonho para que a herdeira não repita o seu ciclo de frustração e de não realização. É uma luz no fim do túnel. Apesar de todos os riscos, ela mantém essa chama acesa. Ela se realiza nesse sentido", pondera a artista.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Fina Estampa e outras novelas.

Últimas de Fina Estampa


Resumos Semanais

Resumo da novela Fina Estampa: Capítulos de 18 e 19 de setembro

Sexta, 18/9 (Capítulo 155)
Tereza Cristina obriga Griselda a implorar pela sua vida. Crô entrega plano de Tereza Cristina para não ser preso. Tereza Cristina arrasta Ferdinando para a cama. Antenor decide ir atrás de Griselda. Zuleika interrompe o casamento ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Web Stories

+
Nos Tempos do Imperador: Conheça os personagens da nova novela da GloboMeghan Markle completa 40 anos: Veja cinco papéis da duquesa de Sussex na TV e no cinemaLonge de Hollywood: Veja como estão os atores de O Diário da PrincesaDe vício em games a indicação ao Emmy: Como estão os atores de A ViagemVômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das Olimpíadas

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Galvão Bueno merece ganhar um programa aos domingos na Globo?