Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

MUDANÇAS NA SAGA

Bomba em Renascer: Tião abandona Joana e deixa caminho livre para Zinha

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Irandhir Santos está em cena de Renascer chorando na pele de Tião Galinha

Tião Galinha (Irandhir Santos) em cena de Renascer: ele irá morar em assentamento na novela

MÁRCIA PEREIRA, colunista

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 17/6/2024 - 6h15

Tião Galinha (Irandhir Santos) vai abandonar Joana (Alice Carvalho) em Renascer. Ele até passará alguns capítulos trabalhando com Deocleciano (Jackson Antunes) na colheita da nova safra de cacau; mas, ao ser dispensado, decidirá correr atrás de seu sonho: ter um pedacinho de chão. A cozinheira não aceitará viver em um assentamento de sem-terras com o marido.

Com isso, o peão deixará o caminho livre para Zinha (Samantha Jones), que está apaixonada por Joana. O público acompanhará a amizade entre elas virar amor aos poucos. As duas ficarão cada vez mais próximas, mas o romance se desenvolverá só depois que Tião sair de casa, em cenas que estão previstas para irem ao ar a partir de 29 de junho.

A essa altura da trama, o personagem vivido por Irandhir Santos já terá visitado um assentamento com o pastor Lívio (Breno da Matta) e se encantado com o propósito do espaço. Ele, então, decidirá que vai morar lá até alcançar o seu objetivo.

Joana ficará boquiaberta ao dar de cara com o marido já com suas trouxas prontas para partir. "Tô me îno embora dessa casa. Eu cansei dessa vida...", dirá Tião. "E vai me largá aqui mais os minino, vai?", perguntará Joana. "Num posso lhe levá se num fô de sua vontade", ele responderá.

"Comé que vô largá essa vida pá ímorá na bêra da estrada? Vô tirá nossos minino da escola?", falará Joana. "Num tô mais lhe pidîno isso... Só tô lhe dizêno que vô atrás do que é nosso. Eu só volto pros teus braço depois que pudé lhe dá um chão pra você e pros nossos minino!", argumentará o ex-catador de caranguejos.

"Nesse caso você num vai voltá é nunca!", retrucará Joana, indignada. Lívio levará Tião para o assentamento, e o grupo será acusado de roubar cacau e invadir terras que eram de José Venâncio (Rodrigo Simas). Na verdade, Egídio (Vladimir Brichta) estará por trás de tudo e dará um jeito de culpar os assentados.

Joana se revolta com Tião

Zinha ficará preocupada ao saber da confusão com os assentados e irá acalmar Joana. A cozinheira estará revoltada com Tião. "Calma... Comé que tem calma com uma coisa dessa? Tião, que sempre foi um home justo... Mais tão justo, que chegarra a sê besta! Metido no meio d’um rôbo?", vai se desesperar a cozinheira.

Zinha explicará que o caso está sendo investigado ainda e que tudo pode ser um mal-entendido. Joana afirmará que se decepcionou e que Tião não é mais o homem que ela conheceu.

"Num foi ele que saiu de casa pra se enfiá lá no meio dessas baderna? Mal ou bem-entendido, Zinha, pôco me importa! Me importa só que foi ele quem se saiu de casa", encerrará Joana. Ela falará que, se ele não procurá-la e voltar logo para a casa, o casamento deles terá chegado ao fim.

Na versão original da trama, Tião foi preso e acabou se enforcando na cadeia. O autor do remake, porém, tem um plano B para o personagem. A novela começará a dar pistas de que ele pode terminar virando pastor.

Leia também -> Resumo dos próximos capítulos da novela Renascer.

Renascer foi escrita e criada pelo autor Benedito Ruy Barbosa. A primeira versão foi ao ar na Globo em 1993. Bruno Luperi é neto do novelista e responsável pela adaptação da saga rural que estreou no horário nobre em janeiro. O remake ficará no ar até setembro.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Renascer e outras novelas:


Resumos Semanais

Resumo de Renascer: Capítulos da semana da novela da Globo - 18/7 e 3/8

Quinta, 18/7 (Capítulo 154)
José Inocêncio pede perdão a João Pedro, mas diz a Deocleciano que sente que perdeu o filho para sempre. José Inocêncio manda Bento chamar Kika para que ela venha até a fazenda. Delegado Nórcia interroga Marçal ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.