Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TEM JEITO?

No Limite cava própria cova ao fracassar pelo segundo ano seguido; veja números

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Fernando Fernandes, apresentador do No Limite 6

Reality show No Limite crava baixa audiência pelo segundo ano consecutivo e preocupa Globo

IGRAÍNNE MARQUES

igrainne@noticiasdatv.com

Publicado em 1/7/2022 - 6h25

O reality show No Limitenão tinha ido tão bem em 2021, mas agora parece cavar a própria cova ao fracassar pelo segundo ano consecutivo. Os números da temporada com anônimos demonstram que a audiência está ainda menor para os padrões da Globo. E, dessa vez, com um agravante: a ausência de uma fila de patrocinadores.

No quesito ibope, o reality show de aventuras encerrou a temporada do ano passado com 17,5 pontos na Grande São Paulo, principal mercado publicitário do país. Em 2021, o programa contou com ex-BBBs e ia ao ar somente às terças. A final registou apenas 16,3 pontos, recorde negativo da atração em uma decisão.

Com um número maior de episódios e com competidores anônimos, a temporada atual do No Limite está com média geral ainda pior: 16 pontos. O encerramento do sexto ano do desafio agora comandado por Fernando Fernandes está marcado para 7 de julho.

As perspectivas, no entanto, não são das mais animadoras. Se em 2021 o primeiro episódio marcou 21,4 pontos e o último ficou com 16,3, neste ano, o auge do reality de aventuras foi registrado no início de maio, com 17,8 pontos.

Ou seja, apesar de vir na carona da valorizada Pantanal, a atração não conseguiu alcançar nem 18 de média em nenhum momento. Na última terça (29), inclusive, marcou 13,4 pontos e perdeu para a transmissão da Libertadores no SBT.

E o dinheiro?

O que torna a continuidade do formato ainda mais ameaçada são as cotas de patrocínio. A Globo vendeu apenas duas em 2022, para as marcas Jeep e Lacta. A empresa chegou a montar um documento na tentativa de comercializar o programa para outras empresas, no qual faz uma comparação com a Record, mas o recurso não funcionou.

Em 2021, nove marcas se envolveram no projeto do reality de sobrevivência: Skol, Claro, iFood, Unilever, Itaú, Amazon, TikTok, Hypera Pharma e Hoteis.com. Nenhum deles renovou o patrocínio para o programa atual, o que, por si só, já indicava um sinal de alerta.

Se antes as comparações de números aconteciam por causa do então sucesso do BBB 21, que se transformou em um fenômeno, dessa vez a emissora tinha a expectativa de que o programa conseguisse "herdar", de alguma maneira, a audiência da novela Pantanal.

A novela das nove da Globo chegou a entregar, mais de uma vez, com 30 pontos, mas o No Limite derrubou esse número para menos de 20 em questão de minutos.

Ainda não há uma decisão em relação ao futuro do reality, uma vez que o programa atual ainda não chegou ao fim. Na web, os elogios do público são direcionados a Fernando Fernandes, apresentador da nova temporada --que parece ter sido um dos únicos acertos da emissora no formato.


Saiba tudo que está rolando nos reality shows com o podcast O Brasil Tá Vendo

Ouça "#83 - Manipulação, mentira e agressão: as acusações que abalam o Power Couple" no Spreaker.


Últimas de No Limite 6

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.