Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PAI E FILHA NA FICÇÃO

Vladimir Brichta lutou pela guarda da filha após morte de ex-mulher: 'Tinha só 5 anos'

JOÃO MIGUEL JÚNIOR/TV GLOBO

O ator Vladimir Brichta, à esquerda, abraçado com sua filha, a atriz Agnes Brichta

Vladimir e Agnes Brichta, pai e filha, vivem mesmo papel em Quanto Mais Vida, Melhor!

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 3/12/2021 - 15h01

O nome de Agnes Brichta chamou a atenção dos telespectadores da Globo. A atriz de 24 anos, filha de Vladimir Brichta com a cantora Gena Karla Ribeiro, faz sua estreia nas novelas em Quanto Mais Vida, Melhor!. Após a morte de sua mãe por uma doença rara em 1999, ela foi criada pelo pai e vivenciou a briga por sua guarda entre ele e a avó. ''Eu tinha 5 anos só'', relatou.

Em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, Agnes evitou dar detalhes sobre trâmites judiciais. ''Está mais nas narrativas deles do que na minha'', comentou ela. Maria Eugênia, mãe de Gena, era desembargadora do Estado do Sergipe, e houve muita repercussão sobre o caso na época. O ator, que estava no início da carreira, tinha 21 anos e conseguiu a guarda da filha.

''É uma experiência de que tenho mais notícia pelas pessoas do que lembranças de fato. Eu tinha 5 anos só. Por mais que seja sobre mim, pertence muito a eles essa história'', completou a artista.

A atriz guarda poucas memórias da mãe, pois tinha apenas 2 anos quando ela morreu. A cantora foi vítima de porfiria, condição que causa um defeito na produção de hemoglobina, responsável pelo transporte de oxigênio no sangue. A doença não tem cura, mas há tratamentos que ajudam a evitar crises.

Agnes acredita que Gena provavelmente ficaria orgulhosa de vê-la onde está hoje. "Tenho certeza de que ficaria animada e me apoiaria. Ela era artista também. Não tive muitas experiências com ela, mas, quando as pessoas falam, vejo que foi uma mulher incrível. Tenho a impressão de que ela curtiria muito'', pontuou.

Quanto Mais Vida, Melhor!

Agnes mora com Brichta no Rio de Janeiro, mas tem o costume de visitar a avó em Aracaju duas vezes por ano. Ela defende que o parentesco com o ator não atrapalha as performances de ambos na novela: ''Estávamos ocupando o mesmo lugar, mas respeitando o espaço do outro''.

Em Quanto Mais Vida, Melhor!, ela interpreta Tina, que por acaso também é filha do personagem de Brichta. ''Temos maneiras diferentes para concentrar, lidar, decorar o texto... É uma conduta profissional'', destacou.

Agnes comentou ainda as semelhanças entre os personagens e entre ela e o pai: ''A Tina se espelha no pai e sabe que quer fazer isso da vida. Ela tem mais interferência dele, que não a deixa ter dúvidas. Já eu também me espelho e admiro muito meu pai, mas ele nunca levantou uma bandeira clara. Ele me deu liberdade para escolher. Me deixava passar pela dúvida e questionar. Eu escolhi por mim mesmo''.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.