Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

EVANDRO PINTO

Participante de Casamento às Cegas nega abandono de filho e rebate versão da ex

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Evandro Pinto sorridente no corredor das cabines da quarta temporada de Casamento às Cegas Brasil

Evandro Pinto na quarta temporada de Casamento às Cegas Brasil; noivo rebateu acusações

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 23/6/2024 - 11h33

Participante da quarta temporada de Casamento às Cegas Brasil, Evandro Pinto finalmente se pronunciou sobre as acusações de que teria abandonado o filho mais velho, Gustavo, de 12 anos. O segurança pessoal rebateu a versão da ex-mulher, Luana Mendes, e alegou que teria sido impedido de ter contato com o primogênito.

Desde que a nova temporada do reality show estreou na Netflix, na última quarta (19), os desabafos de Luana viralizaram nas redes sociais. A confeiteira ganhou apoio de fãs do reality show e também de ex-participantes do programa.

Ela acusou o ex de abandono parental e ainda afirmou que ele teria entrado comprometido no reality de relacionamento. "Evandro passa imagem de bom moço, mas está com pedido de prisão por dever pensão das filhas, tem lei Maria da Penha nas costas e abandonou um filho de 12 anos, o qual nem cita no programa. Eu sou a mãe do menino", escreveu Luana no X.

"O alecrim entrou no reality namorando, meteu um ghost na namorada (estavam juntos há seis meses) e sequer deu notícias, a menina desesperada atrás dele até descobrir que ele está atrás de casamento em reality. Não deixarei, vou expor tudo mesmo", completou a confeiteira.

A mulher ainda publicou prints de supostas mensagens trocadas com Evandro, nas quais o segurança pessoal pedia para resolver a situação sem tanta exposição.

Pronunciamento

Noivo de Ariela Carasso no reality, o participante de 35 anos prometeu aos seguidores que iria explicar a situação. Após dias de silêncio, ele publicou uma nota na noite de sábado (22).

"Muitas informações circularam e seguem gerando muitas polêmicas. Sei que muitos estavam esperando meu pronunciamento perante às acusações, mas estava aguardando um parecer oficial da minha advogada, pois sempre tive apoio jurídico, não só agora. Peço a compreensão de todos diante das situações", escreveu na legenda.

A nota é assinada pelo escritório Carmo K, da advogada Karina Carmo --que também está no elenco de Casamento às Cegas Brasil 4.

"Evandro Marcos, por intermédio de sua equipe jurídica, vem através da presente esclarecer em relação às acusações difamatórias atribuídas a este. Em meados de 2023, o senhor Evandro procurou o escritório a fim de orçar uma ação de oferta de alimentos e regulamentação de visitas. Em reunião realizada no dia 23/10/2023, o mesmo tirou as suas dúvidas jurídicas e expôs os seus temores", começou o comunicado.

"Evandro procura a genitora de seu filho desde o seu nascimento, e esta, ressentida pelo fim do relacionamento, impediu de todas as formas que o mesmo exercesse a sua função paterna. O mesmo continuou tentando contato por meio de seus familiares, que tentavam de todas as maneiras reatar o contato da genitora com o senhor Evandro, com a finalidade de exercer a sua função paterna", alegou a advogada.

"Em uma das diversas tentativas de contato, o senhor Evandro sofreu ameaças e humilhações, fora informado de que o atual companheiro da senhora Luana já havia assumido as funções paternas e que o seu filho não precisava dele para nada, que um contato somente iria atrapalhar a vida da criança", continuou a nota.

O pronunciamento ainda afirma que o rapaz teria enfrentado um período de depressão. "Ao melhorar do estado depressivo, não desistiu. O menor nasceu em meados de 2012 e, desde então, houve diversas tentativas de convívio paterno, desde o nascimento até muito recente."

Evandro ainda teria evitado resolver a situação judicialmente por ter "poucos recursos financeiros e expertise". "A sua ausência paternal tenha ocorrido por circunstâncias alheias à sua vontade. O mesmo vem publicamente expor que amarga em dores e arrependimentos e que agradece a Deus, pois as acusações humilhantes e cruéis que vêm sofrendo estão sendo fatores determinantes para que o mesmo reaja e saia da omissão".

"Com a ajuda das pessoas que conhecem a sua índole e o seu desespero, Evandro conseguiu contratar advogados para que sua situação seja regularizada judicialmente. Em breve esperamos que a Justiça conceda ao Evandro o direito de cumprir as suas obrigações e exercer os seus direitos paternos com ou sem o consentimento da genitora", finalizou a nota.

Repercussão negativa

Apesar de o segurança ter bloqueado os comentários na publicação com a nota, internautas reagiram ao pronunciamento em outro post dele no Instagram.

"Que nota de esclarecimento é aquela? Lamentável! Era melhor ter ficado calado se fazendo de coitado do que fazer um papelão desses", disparou Silvia Rafaela. "Omitiu o filho no programa e tem pedido de prisão por não pagar pensão! Abortou um filho em vida!", criticou Talita Campos.

"O cara procura o escritório de advocacia em novembro de 2023 porque sabia que iria participar do Casamento às Cegas, que é gravado com meses de antecedência. A criança tem 12 anos, por que ele procurou o escritório só em novembro de 2023? É muito cafajeste, né?", detonou Eduardo Duarte.

"Vai tentar explicar o que não tem explicação? Vocês acham que o povo é burro, né? Não fala nada que fica menos feio. Postou a nota e tirou o comentário? Nem coragem teve", escreveu Clau Andriotti. "Estudou na Escola Militão", comparou Stephanie Silva, em referência ao jogador Éder Militão.


Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.