Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

BANDIDO PULOU MURO

Mansão de Agnaldo Timóteo no RJ sofre nova tentativa de invasão; vídeo

REPRODUÇÃO/REDETV!

Agnaldo Timóteo (1936-2021) em entrevista para o Luciana By Night, da RedeTV!, em 2019

Agnaldo Timóteo (1936-2021) em entrevista para o Luciana By Night, da RedeTV!, em 2019

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 16/9/2021 - 14h47

A mansão de Agnaldo Timóteo (1936-2021), localizada na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, sofreu nova tentativa de invasão na madrugada de terça-feira (14). Segundo um segurança que reside no local, um homem pulou o muro da propriedade. O funcionário suspeitou do barulho e acendeu as luzes, o que espantou o meliante. Na fuga, o criminoso deixou um molho de chaves para trás. Detalhe: as chaves encontradas são da casa.

Ao Notícias da TV, Sidnei Lobo Pedroso, inventariante da herança do intérprete e tutor de Keyty Evelyn, filha adotiva do artista, confirmou o incidente. Não há familiares do músico morando na residência, apenas o segurança responsável permanece no local.

"Pularam o muro e jogaram um casaco. Não conseguiram entrar porque, além da fechadura, coloquei uma corrente. Como o cara tentou abrir e não conseguiu, ele pulou. Pulou e fez barulho. O segurança ligou as luzes, e o cara pulou o portão e foi embora. Agora, sabe o que tinha dentro do casaco do cara que tentou invadir? As chaves da casa do Agnaldo. Estranhíssimo", narra. 

Em vídeos enviados à reportagem, o segurança da propriedade mostra detalhes da tentativa de invasão. Minutos após o ocorrido, o profissional narra que um homem jogou objetos para atingir e assustar os cachorros do local. Em seguida, o criminoso pulou o muro. O barulho chamou a atenção do vigia, que acendeu todas as luzes do imóvel.

O bandido, então, saltou a parede novamente e fugiu correndo. Ao se deparar com os objetos que foram jogados no pátio, o segurança localizou pedaços de madeira e um casaco. No bolso da peça, ele encontrou um molho de chaves. Na gravação, ele mostra que elas abrem o portão principal da mansão.

Esta é a terceira tentativa de invasão que a mansão de Timóteo sofre. No final de agosto, um casal teria pulado um muro para vandalizar a propriedade. Os suspeitos atearam fogo na placa de venda da mansão. Uma semana antes, a propriedade havia sido atacada e teve os vidros quebrados. "Tive de trocar as fechaduras e colocar circuito interno [de câmeras]", relembra Lobo.

No mês passado, o inventariante de Timóteo registrou um boletim de ocorrência sobre o caso na 16ª DP, na Barra da Tijuca. Diante dessa nova tentativa, ele está em contato com a delegacia para informar o novo episódio.

À reportagem, a Polícia Civil do Rio de Janeiro confirmou que apura as ocorrências desde o mês passado. "De acordo com a 16ª DP [Barra da Tijuca], o caso foi registrado no dia 31 de agosto e as investigações estão em andamento", informam em nota.

Familiares suspeitam que o vandalismo tenha sido motivado pela distribuição da herança do cantor, avaliada em R$ 16 milhões. Justamente no mês de agosto, a Justiça reconheceu Keyty como uma das herdeiras --ela foi criada pelo artista desde os dois anos.

A questão toda com a casa de Timóteo ocorre em meio a essa briga. Nesta semana, foi noticiado que um homem do Rio de Janeiro recorreu à Justiça para entrar na disputa pela herança. Ele se diz filho do músico e pede exame de DNA para comprovar o vínculo. O caso corre em segredo de Justiça no Judiciário do Rio de Janeiro.

Veja vídeos da tentativa de invasão:


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Elenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreram

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas