Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SEM CONTATO

Bruno Gagliasso expõe real motivo de briga com irmão: 'Não foi política'

DIVULGAÇÃO/NETFLIX E REPRODUÇÃO/INSTAGRAM E YOUTUBE

Bruno Gagliasso em pôster da Netflix | Thiago Gagliasso em selfie

Bruno Gagliasso explica que conflito com irmão começou quando Thiago expôs Giovanna Ewbank

IGRAÍNNE MARQUES

igrainne@noticiasdatv.com

Publicado em 5/7/2022 - 22h49

Bruno Gagliasso abriu o jogo sobre os conflitos com o irmão, Thiago Gagliasso, e explicou o real motivo por trás do afastamento.O ator contou que a briga começou depois que Thiago publicou uma conversa deles na internet, expondo principalmente a cunhada Giovanna Ewbank. "Não foi política", reforçou. 

"Não é por causa de eleição, isso é bom deixar claro. Não foi por causa de política, mas eu e minha mulher fomos expostos de uma forma que não queríamos ter sido", disse o galã, durante uma entrevista ao Quem Pode, Pod.

Em outubro de 2018, Thiago expôs nas redes sociais uma conversa de WhatsApp com a cunhada. Na troca de mensagens, a atriz reforça que Bruno o teria ajudado a pagar as contas escolares de Gabriel --único filho de Thiago-- quando ele não tinha dinheiro, além de oferecer apartamento e ceder um imóvel em São Paulo. 

Na legenda da foto, Thiago rebateu os argumentos da apresentadora. "Já que ela ama tanto falar da vida pessoal no Amores do Gioh , por que ela não posta isso também lá? (...) Infelizmente não me tornei um dos amores do Gioh, mas gostaria muito de lhe informar que não moro mais no apê do meu irmão e, mesmo se morasse, não teria vergonha por não pensar igual a ele", afirmou.

"Liga lá na escola do meu filho, pergunta se estou devendo algo. E se precisasse da ajuda dele [Bruno], aceitaria, viu? Mesada pra mãe? Eu teria orgulho em poder proporcionar à minha mãe o que ele faz por ela. O nome disso é gratidão, não sei se você conhece! Apê do meu irmão para ficar? Relaxa. Tenho amigos. Que certamente me receberão com o maior prazer", escreveu. 

Na entrevista com Giovanna e Fernanda Paes Leme, Bruno preferiu não citar as palavras exatas do irmão. O ator, porém, reforçou que, mesmo que o episódio não tivesse acontecido, provavelmente não se manteria próximo de Thiago, justamente por causa das distâncias ideológicas.

"Ficou muito evidente nossa diferença. A gente tem pensamentos políticos completamente diferentes. Hoje em dia não existe mais a política não estar ligada à moral. Hoje, para mim, você apoiar esse bosta é você não ter nenhum tipo de escrúpulo, é diferente. E por isso digo que não vejo hoje eu voltar a falar com meu irmão ou conviver", detalhou Bruno, que se referia a Bolsonaro, atual presidente.

"Vai contra tudo o que eu prego, o que eu sou, o que quero para os meus filhos. Não tem como, é inviável, então não me culpo por isso. Eu não tenho culpa, eu tenho dor --de não poder conviver com o filho dele, ter uma relação de respeito, de carinho", refletiu.

Bruno Gagliasso reforça amor pelo irmão

Apesar das diferenças, o artista disse que, apesar da distância, mantém boas lembranças sobre o irmão. Bruno chegou a dizer que um dos melhores dias de sua vida foi quando Thiago nasceu. "Prefiro ficar com esse sentimento dele com 7, 10, 15 anos de idade", disse. 

Gagliasso contou que, quando gravou Chiquititas (1997-2001) na Argentina, passou um mês inteiro com o irmão e que esse foi um dos períodos mais felizes de toda a sua carreira. "Nossa relação na infância era maravilhosa. A grande memória que tenho dele e o que quero carregar para o resto da vida é nossa infância. Sempre fomos muito ligados", lembrou. 

Fernanda perguntou então se Bruno considera possível voltar a se aproximar do irmão no futuro. O ator foi sincero. "Em algum momento, talvez sim. Hoje não consigo enxergar. Porque admiração, respeito, afinidade, hoje não sinto por ele. Mas o que eu sinto é o amor de irmão, isso nunca vai apagar. E a saudade de tudo o que a gente viveu", afirmou.

Ele admitiu que, entre os familiares, quem mais sofre é sua mãe, que lamenta a distância entre os filhos. Bruno e Thiago são filhos da mesma mãe, mas não do mesmo pai. Eles têm uma diferença de sete anos de idade.

Veja a entrevista completa abaixo. 


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.