Mulheres em foco

REDAÇÃO - Publicado em 24/02/2018, às 15h38

Reprodução/BBC

Claudia Winkleman (à esq.) e Tess Daly, apresentadoras da BBC: salário menor - Reprodução/BBC

Claudia Winkleman (à esq.) e Tess Daly, apresentadoras da BBC: salário menor

A BBC, principal rede de TV do Reino Unido, anunciou um novo plano de carreira que melhorará a vida das funcionárias da empresa. Diretora da versão escocesa da emissora, Donalda MacKinnon será a responsável pelo programa, que tem como objetivo "destruir as barreiras que impediam o progresso das mulheres, para que elas corram atrás de suas ambições e atinjam o topo". O plano prevê horas mais flexíveis, cursos e treinamentos, além de um local para que as profissionais deixem seus bebês e crianças durante a jornada de trabalho. "Nós temos um desejo ousado: ser o melhor ambiente de trabalho para mulheres", anunciou Donalda. A BBC foi bastante criticada no ano passado quando, por determinação do governo, divulgou o salário de seus principais apresentadores. O homem mais bem pago da lista foi o apresentador Chris Evans, que faturou 2,2 milhões de libras (R$ 9,9 milhões) em um ano, enquanto Claudia Winkleman, líder entre as mulheres, recebeu "apenas" 450 mil libras (R$ 2 milhões) no mesmo período. Claudia também é a única mulher entre os dez melhores salários da BBC.

Leia todas as Notas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

+ Lidas

Redes sociais

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook