Televisão

MEMÓRIA DA TV

Em 1988, Angélica recusou contrato em branco de Silvio Santos

Reprodução/SBT

A apresentadora Angélica no comando do programa Casa da Angélica, no SBT - Reprodução/SBT

A apresentadora Angélica no comando do programa Casa da Angélica, no SBT

THELL DE CASTRO - Publicado em 04/09/2016, às 07h54

Na televisão desde os quatro anos de idade, quando venceu concursos de beleza no programa de Chacrinha, Angélica nem tinha completado 15 e já era disputada por duas grandes emissoras. Em outubro de 1988, ela recusou uma proposta milionária de Silvio Santos para ingressar no SBT e permaneceu na Manchete, onde já era considerada a principal estrela. Segundo seu empresário, Silvio Santos ofereceu um contrato em branco.

O contrato original de Angélica com a Manchete, que começou em 1987, quando ela começou a apresentar programas infantis na emissora, iria até dezembro de 1989. O novo acordo garantiu a apresentadora na emissora até junho de 1990, e "uma boa melhoria de ganho", como disse o então diretor-geral da Manchete, Expedito Gross, ao jornal Folha de S.Paulo de 30 de outubro de 1988. "Não poderíamos abrir mão dela", justificou.

"Na segunda à noite, os diretores da rede carioca se tranquilizaram. Angélica disse o 'fico' e encerrou uma negociação que mobilizou o próprio Silvio Santos e o superintendente das Empresas Bloch, Pedro Jack Kapeller, o Jaquito", destacou a reportagem.

"Adorei o convite. Fiquei lisonjeada, mas tinha um contrato na Manchete, que foi a emissora que abriu as portas para mim. Dinheiro é bom, mas não é tudo", disse Angélica à Folha.

Crédito

Angélica na época em que trabalhava como apresentadora na TV Manchete

Além do aumento salarial, pesou o fato de Angélica ser uma estrela na Manchete, onde comandava o diário Clube da Criança e viria a ganhar o semanal musical Milk Shake. Pelo raciocínio de seu empresário, Paulo Ricardo Cunha, não seria um bom negócio trocar a emissora pelo SBT, que já tinha outra apresentadora infantil de destaque, Mara Maravilha. "Angélica sairia da Manchete para ir para a Globo", disse Cunha.

Segundo o empresário, Silvio Santos estava "maluco" para contratar Angélica e teria oferecido um contrato em branco para a jovem apresentadora, além de 50 milhões de cruzeiros de luvas.

Do outro lado, o então superintendente artístico-operacional do SBT, Luciano Callegari, disse que "o empresário exagerou um pouquinho a respeito da proposta". Segundo ele, o dono do SBT afirmou que não importava o valor que Angélica ganhasse, queria que ela fosse falar com ele. "Não ficamos frustrados com o resultado das negociações, mas realmente estaríamos mais alegres se ela estivesse aqui", concluiu.

Silvio Santos deu um tempo, mas não desistiu de Angélica. A apresentadora permaneceu na Manchete até 1993, quando, finalmente, foi para o SBT, onde comandou atrações de sucesso como Casa da Angélica, TV Animal e Passa ou Repassa.

Três anos depois, migrou para a Globo, onde está até hoje. Na casa, começou com o Angel Mix e já teve diversas atrações. Desde 2006 ela comanda o programa semanal Estrelas, exibido aos sábados.


THELL DE CASTRO é jornalista, editor do site TV História e autor do livro Dicionário da Televisão Brasileira (Editora InHouse). Siga no Twitter: @thelldecastro


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Twitter Compartilhe no Twitter

Curta no Facebook Curta no Facebook
Siga no Twitter Siga no Twitter

Leia também

Lee Taylor (Martim) em cena de Velho Chico; personagem será assassinado - Reprodução/TV Globo

NOVELA DAS NOVE

Velho Chico: Antes de morrer, Martim encontra dossiê contra Carlos

Cena da novela mexicana Lo Imperdonable, uma das mais populares no México em 2015 - Reprodução/Televisa

TV NA AMÉRICA LATINA

Novelas mexicanas são racistas e religiosas, diz especialista

Luisa Arraes (Débora) em cena de Justiça; personagem quase será atropelada - Reprodução/TV Globo

Capítulos de 5 a 9/9

Justiça: Débora contraria o marido e vai atrás de estuprador

Tatá Werneck (Fedora) em cena de Haja Coração, novela das sete da Globo - Reprodução/TV Globo

Capítulos de 5 a 10/9

Haja Coração: Fedora oferece fortuna por ações e é humilhada por Safira

Bruno Gagliasso (Mario) em cena de Sol Nascente, a nova novela das seis da Globo - Reprodução/TV Globo

Capítulos de 5 a 10/9

Sol Nascente: Deprimido, Mario entra bêbado no mar e quase se afoga

Harvey Keitel e Tim Roth em cena de Cães de Aluguel, que o TCM exibe neste sábado (3) - Divulgação

BATALHAS NO TCM

Qual década produziu os melhores filmes modernos: 1980 ou 1990?

+ Lidas

1

Repórter processa Datena por assédio sexual; âncora diz que é 'delírio'

2

Datena processa repórter por calúnia: 'É uma versão absurda'

3

Sem história, três atores vão deixar elenco de O Sétimo Guardião

4

Galã de propaganda de hotel vira pai em As Aventuras de Poliana

5

Enquete do superparedão: Quem deve continuar no Big Brother Brasil 19?

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

ENQUETE

Enquete

Você achou justa a eliminação de Fábio Alano do BBB19?

Últimas notícias

Mina El Hammani (Nadia) e Danna Paola (Lu) em cena da primeira temporada da espanhola Elite - Manuel Fernandez-Valdes/Netflix
Samuca (Nicolas Prattes) em cena da novela; mocinho afirmará que lutará pela liberdade da mulher - Reprodução/TV Globo
Ethan Peck interpreta o icônico Spock na série Star Trek: Discovery, exibida no Brasil pela Netflix - Divulgação/CBS All Access
Olavo (Tony Ramos) não terá pena de estudante com quem transou na novela das nove da Globo - Reprodução/TV Globo