Televisão

VALÉRIA BALBI

Após distribuir dinheiro no Fantasia, apresentadora vira 'guru' do desapego

Divulgação/SBT

Valéria Balbi (à dir.) com Adriana Colin, Débora Rodrigues e Jackeline Petkovic no Fantasia - Divulgação/SBT

Valéria Balbi (à dir.) com Adriana Colin, Débora Rodrigues e Jackeline Petkovic no Fantasia

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 29/11/2017, às 06h52

Valéria Balbi fazia a alegria do público do SBT ao distribuir prêmios em dinheiro no programa Fantasia, que comandava ao lado de Adriana Colin, Débora Rodrigues e Jackeline Petkovic há 20 anos. Primeira a deixar a atração, Valéria mudou muito em duas décadas: hoje, a ex-apresentadora trabalha atrás das câmeras e leva uma vida alternativa, guiada pelo desapego material e pelo equilíbrio.

"Eu sempre fui muito ligada à ecologia, à sustentabilidade. Expandi esse conceito para todos os campos, do psicológico e emocional até a economia e a utilização de recursos. Não só os do planeta, os pessoais também. É uma visão de economia colaborativa que eu estou estudando e desenvolvendo em forma de projeto", conta ela, que hoje tem uma produtora de conteúdo audiovisual, a Story Line Produções.

A transformação completa de sua vida, diz, não é apenas um modismo. "É consciência. Vejo como a única saída a longo prazo para nós sobrevivermos com qualidade de vida, amor, para fazer valer a pena. Viver só para pagar contas não é vida, nós precisamos descobrir novas formas de nos envolver", justifica.

Valéria lembra com carinho de sua passagem pelo Fantasia, embora esteja em outro momento.

"Foi um programa que marcou muito a minha vida, até hoje as pessoas me abordam em redes sociais. Eu também aprendi muito, estava acostumada com bancada de telejornal, de repente precisei aprender a ser informal, mais leve, me comunicar com crianças e adolescentes", lembra ela, que trocava experiências com Adriana, Débora e Jackeline.

A família na frente das câmeras, porém, ficava em segundo plano para a da vida real. "Tinha acabado de ter uma filha, que era um sonho de infância, e estava totalmente fascinada esse acontecimento", diz a mãe de Luiza, atualmente com 22 anos.

Valéria com a filha Luiza, 20 anos depois do Fantasia

Foi o amor pela filha, aliás, que fez com que Valéria saísse do Fantasia. "Eu amava o programa, mas deixar a Luiza em casa era muito difícil. No início, a gente passava quase 17 horas no SBT. Aí eu pesei na balança os prós, os contras e fui desabafar com o Orlando Macrini [então braço-direito de Silvio Santos]. Falei que eu jamais sairia do Fantasia sem antes treinar minha substituta, mas que eu gostaria de voltar para o jornalismo", recorda.

A ousadia foi bem vista dentro do SBT. Dias depois, enquanto se preparava para apresentar um dos quadros ao vivo, Valéria recebeu em seu ponto a informação de que Silvio a chamava para uma conversa no camarim dele.

"Fui nervosa, sem saber o que esperar. Ele disse que respeitava minha postura em não querer abandonar o barco e me deslocou para o Noticidade", conta a apresentadora, que preparou Tânia Mara e Amanda Françozo para assumirem sua vaga no game.

Com os cortes que o SBT realizou no jornalismo, o Noticidade saiu do ar e Valéria foi para o Notícias de Última Hora, boletins de um minuto. "Era uma equipe pequena, mas muito unida, que se virava para fazer. Ali, eu aprendi muito da parte técnica, já que todo mundo precisava fazer de tudo."

A experiência nos noticiários levou a apresentadora a abrir a Story Line, na qual já realizou programas para TV Cultura, GNT e TV Brasil, além de produções independentes. No lugar de apresentar, prefere os bastidores, dedicando-se à pesquisa e ao texto das atrações documentais. "Acho que o mais legal não é ter o retorno imediato, mas o que você consegue a longo prazo", finaliza.

Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Twitter Compartilhe no Twitter

Curta no Facebook Curta no Facebook
Siga no Twitter Siga no Twitter

+ Lidas

1

Sexo e violência em novela causam estresse entre Globo e ministério

2

4 motivos para acreditar que Rebeca Abravanel é a sucessora de Silvio Santos

3

Luzia vira justiceira e se alia a Roberval e a Galdino para se vingar

4

Após morte a facadas, Remy pode 'ressuscitar' em Segundo Sol

5

Globo veta Ana Maria Braga e Márcio Garcia no aniversário da Record

ENQUETE

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Marcos Chiesa, comediante conhecido como Bola, em cena de seu reality na plataforma PlayPlus - Reprodução/PlayPlus
O ator Vladimir Brichta é destaque em Segundo Sol na pele do personagem mau-caráter Remy - Reprodução/Globo
Samuca (Nicolas Prattes) e Marocas (Juliana Paiva) ficarão a sós no quarto dela em O Tempo Não Para - Reprodução/TV Globo
Laureta (Adriana Esteves) sairá no tapa com a sua cúmplice na novela das nove da Globo - Reprodução/TV Globo