Daniel Castro

GUERRA DOS DOMINGOS

Derrotado pelo SBT, programa de Geraldo Luis volta a ser ao vivo com auditório

Reprodução/Record

Geraldo Luis no antigo cenário do Domingo Show; programa voltará a ter palco e plateia - Reprodução/Record

Geraldo Luis no antigo cenário do Domingo Show; programa voltará a ter palco e plateia

DANIEL CASTRO e LUCIANO GUARALDO - Publicado em 19/06/2019, às 16h32

Um ano e quatro meses depois de ter virado um programa baseado apenas em reportagens de tragédias humanas, o Domingo Show voltará a ser ao vivo, com auditório e quatro horas de duração. A partir do dia 30, passará a entrar no ar às 11h para tentar recuperar a vice-liderança perdida para o Domingo Legal (SBT). Mesmo deficitário, o dominical receberá investimento, com contratações e novo cenário.

Desde 10 de março, quando o Domingo Legal, do SBT, voltou a ter quatro horas de duração, o Domingo Show não sente o cheiro da vitória na Grande São Paulo. São 11 derrotas consecutivas. E o pior, a audiência do show de Geraldo Luis parece descer uma ladeira.

Domingo Legal e Domingo Show travaram nos últimos cinco anos uma disputa ora equilibrada, ora favorável a um dos dois lados. A primeira reviravolta ocorreu em setembro de 2015, quando a atração de Celso Portiolli perdeu duas horas para a Disney. Geraldo passou a nadar de braçada na vice-liderança até o começo de 2018.

Para conter gastos, a Record quase acabou com o Domingo Show, que não traz o retorno comercial esperado. Optou por mantê-lo em apenas duas horas, das 13h às 15h, quase na mesma faixa da gincana de Portiolli. Mais curto, o Domingo Show perdeu 25 colaboradores, plateia, cenário e deixou de ser ao vivo. Ancorou-se nas intermináveis reportagens do apresentador.

Até março deste ano, Geraldo Luis e Celso Portiolli estavam competindo de igual para igual, com ligeira vantagem para o apresentador da Record. A reviravolta foi causada pelo fim da parceria comercial entre SBT e Disney. O Domingo Legal voltou a ter quatro horas e disparou no Ibope.

Nas quatro semanas anteriores à última mudança, a média dos embates foi de 7,7 pontos para Geraldo Luis, contra 6,8 de Portiolli no mesmo horário --o SBT só foi vice-líder em 24 de fevereiro. No momento em que o dominical do SBT ganhou duas horas a mais, o jogo virou: em 10 de março, o Domingo Show registrou 6,9 pontos, contra 8,1 do SBT no confronto direto.

De lá para cá, a situação só piorou para a emissora de Edir Macedo. Nos últimos quatro domingos, Geraldo Luis teve média de 5,6 pontos, enquanto o dominical de Portiolli marcou 8,8 no mesmo horário.

Com o Domingo Show maior, a Record espera reverter o placar em alguns meses. Mas isso vai custar caro: já foram contratados 20 profissionais para reforçar a produção, incluindo repórteres, e um novo cenário foi encomendado.

Daniel Castro
DANIEL CASTRO transformou a coluna de Televisão da Folha de S.Paulo na mais relevante do país durante sua passagem pelo jornal, entre 1991 e 2009. Trabalhou no Notícias Populares (1995-96) e R7 (2009-13). E-mail: dcastro@noticiasdatv.com

Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Twitter Compartilhe no Twitter

Curta no Facebook Curta no Facebook
Siga no Twitter Siga no Twitter

Leia também

Carregando… Carregando...