LUTO NO HUMOR

Aplauso final: Despedida
de Paulo Gustavo abala
família, amigos e fãs

Paulo Gustavo morreu na terça-feira (4)
em decorrência de complicações da Covid-
19. O humorista estava internado desde 13
de março em um hospital no Rio de Janeiro.
Com um quadro instável, o ator começou
a fazer terapia por oxigenação por
membrana extracorpórea em 2 de abril.
Desde então, houve melhoras e pioras
em seu estado de saúde.
Paulo precisou de transfusões de
sangue e apresentou melhoras em abril,
quando respondeu ao tratamento,
permanecendo dias sem hemorragia.
No entanto, no final do mês, o humorista
voltou a ter complicações, sendo acometido
por uma pneumonia bacteriana. Já em 2 de
maio, Paulo sofreu outra piora e seu estado
foi considerado de extrema gravidade.
O ator, que tinha mais de 15 anos de carreira,
deixa o marido Thales Bretas, os filhos Romeu
e Gael, a irmã Ju Amaral, o pai Júlio Márcio
Monteiro de Barros e a mãe Déa Lúcia, que
inspirou a personagem Dona Hermínia.
Além deles, amigos e fãs prestaram suas
homenagens e torceram muito para que Paulo
se recuperasse. Tatá Werneck, Mônica Martelli e
Marcelo Adnet foram alguns que demonstraram
apoio em sua luta contra a Covid-19.
VIDA E CARREIRA Natural de Niterói (Rio de Janeiro), Paulo Gustavo
se formou como ator pela Casa das Artes de
Laranjeiras. Começou a ganhar visibilidade
em 2004, ao integrar o elenco da peça Surto.
Dois anos depois, o humorista montou um
espetáculo próprio. O monólogo foi inspirado em
sua mãe, conhecida como a Dona Hermínia nas
telonas. O sucesso foi tão grande que virou filme.
Minha Mãe É Uma Peça tornou-se uma trilogia
e marcou um sucesso nacional. Paulo Gustavo
ainda protagonizou produções da série
220 Volts e Vai Que Cola.
No teatro, Paulo teve cinco peças de destaque em
sua carreira: Minha Mãe é uma Peça, Hiperativo,
220 Volts, On-line e Filho da Mãe - O Show, em
que se apresentava ao lado da mãe, Déa Lucia.
Em 2018, o ator ainda ganhou o
prêmio de homem do ano no
Entretenimento pela GQ Brasil.
Paulo Gustavo fez milhões de brasileiros sorrirem
durante a sua trajetória. Hoje, a saudade fica,
mas ele segue brilhando lá de cima. O Notícias
da TV deseja força aos familiares, amigos e
fãs neste momento tão difícil.
1978 • 2021 Paulo Gustavo

5.5.2021

E-MAIL
contato@noticiasdatv.com

IMAGENS
Tenor
TV Globo/ João Miguel Júnior,
Victor Pollak e João Cotta
Reprodução/Instagram
Divulgação

EDIÇÃO
Tamires Baldessin

TEXTO
Isabel Mello
Redação

FICHA TÉCNICA