OS GRETCHENS

Sula Miranda reclama de reality show da irmã: 'Não sou a Gretchen'

THIAGO DURAN/AGNEWS

Sula Miranda é beijada pelo sobrinho, Thammy Miranda, no lançamento de seu livro, em São Paulo - THIAGO DURAN/AGNEWS

Sula Miranda é beijada pelo sobrinho, Thammy Miranda, no lançamento de seu livro, em São Paulo

GABRIEL PERLINE - Publicado em 23/04/2018, às 17h38

O reality show Os Gretchens, que estreia nesta segunda (23) no Multishow, nasceu na cozinha de Sula Miranda. Gretchen e Thammy estavam hospedados em sua casa, em São Paulo, e uma equipe de TV acompanhava seu sobrinho para uma série documental da HBO. A reunião estava tão animada que a sertaneja teve a ideia de fazer um reality sobre a família.

"Sugeri à produtora e ela adorou. Mas era para chamar As Mirandas. Virou Os Gretchens. Não gostei, porque eu não sou a Gretchen", diz ela ao Notícias da TV.

Embora o desabafo tenha sido feito aos risos, Sula não esconde a frustração pela forma como sua ideia foi adaptada. Afinal, a proposta inicial a colocava como protagonista, mas foi rebaixada a coadjuvante. Para piorar, não assinou contrato com o Multishow e tampouco recebeu cachê para aparecer em Os Gretchens.

"Ninguém na nossa família se chama Gretchen, além da própria. Todos somos Miranda", desabafa. "Sei que vou aparecer em 14 episódios, gravei bastante cenas, mas não fui contratada pelo Multishow, nem pela Producing Partners [produtora responsável pelo reality]. Não ganhei nenhum cachê."

Por pouco, Sula não ficou de fora do reality que ajudou a idealizar. Logo no início das gravações, os desentendimentos com Gretchen se intensificaram e ela ameaçou abandonar o programa.

"Você se expõe muito. Eu não tinha experiência em reality, mas a Gretchen já fez um monte. No início, eu quase desisti. As gravações começaram pela nossa festa de fim de ano da família. E reunião de família... Você sabe, né? Até o terceiro dia foi espetacular, mas depois as diferenças começaram a aparecer. Quase surtei", admite.

A participação em uma possível segunda temporada de Os Gretchens depende exclusivamente de como Sula Miranda será retratada no programa.

"A gente sabe que em reality sempre criam personagens. Tem o bonzinho, o tonto, o vilão. Não quero que me mostrem de um jeito que não sou. Tanto que eu deixei claro desde o início que não iria seguir nenhum roteiro. Não sei fingir. Eu sou crente, não minto!", afirma ela, decidida.

Os Gretchens é um reality inspirado no fenômeno Keeping Up With the Kardashians, e acompanhará a vida de Gretchen e a de seus familiares, como Sula Miranda (irmã), Carlos Marques (marido), Thammy Miranda (filho) e Andressa Ferreira (nora). As cenas foram gravadas na França (onde a cantora reside atualmente), em Mônaco, Estados Unidos, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Maragogi (AL).

Andressa Ferreira, Sula Miranda, Thammy, Gretchen e Carlos Marques (Foto: Divulgação/Multishow)

Como água e vinho
Sula diz que não tem atritos com Gretchen. "A mídia exagera", diz. Ela prefere usar o termo "diferenças" para justificar o fato de nunca ter sido tão próxima da irmã mais velha.

"Todas as nossas diferenças ficarão claras neste reality. Mas a gente não briga, a gente se administra. Ela sabe que eu sou desse jeito, mais reservada, e que ela é daquele que todo mundo conhece. Não sou obrigada a conviver com ela, e por isso a gente não convive. Quando a gente se vê, acontecem coisas pontuais que passam rápido, todo mundo dá risada", explica.

As tais diferenças pontuais são muitas. A maneira de se portar à mesa, de se sentar, o tom de voz, as roupas, o estilo musical, o comportamento e até o jeito que Gretchen espirra não são aprovados por Sula.

"Precisa espirrar daquele jeito? Alto, como se fosse explodir. Eu acho horrível uma mulher espirrar daquele jeito, não gosto, me assusta, acho que não precisa. E ela acha que a minha maneira de espirrar é frescura", desabafa.

Casos de família
Gretchen causa problemas a Sula Miranda desde a época em que eram adolescentes. Quando integraram o grupo As Melindrosas, elas tinham 21 e 15 anos, respectivamente, mas a mais velha ficou apenas três meses na banda e logo depois se lançou em carreira solo, seguindo uma linha mais sensual.

"Ela quis apostar naquelas músicas que ela fez. E não tinha nada a ver com As Melindrosas, porque cantávamos músicas mais infantis, sem apelação", comenta.

"Na escola, era muito complicado, porque todo mundo vinha me sacanear por causa da Gretchen. Falavam um monte de bobagens, até porque o povo daquela época não achava certo uma mulher aparecer na TV fazendo o que ela fazia. Tanto que meu pai a expulsou de casa. Eu sofri demais com os comentários", lembra.

Atualmente, as irmãs aproveitam o pouco tempo que passam juntas para rir e se divertir, sem ficar tocando nas rusgas do passado.

"Eu prefiro que cada uma viva no seu canto. Quando nós nos encontramos, tentamos viver a parte boa. Ela vive a vida dela do jeito que ela quer, e eu vivo a minha do meu jeito. Conseguimos, na maturidade, viver harmoniosamente por conta disso."

 

 

Enquete

O que você está achando de Segundo Sol?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook