Adeus

Poeta se despede do Jornal Nacional marcada por gafes; veja as piores

Reprodução/TV Globo

Patrícia Poeta bufa no ar com Galvão Bueno em 2 de junho, durante cobertura da Copa do Mundo - Reprodução/TV Globo

Patrícia Poeta bufa no ar com Galvão Bueno em 2 de junho, durante cobertura da Copa do Mundo

PAULO PACHECO - Publicado em 28/10/2014, às 18h57 - Atualizado em 29/10/2014, às 06h24

Patrícia Poeta deixará o Jornal Nacional na próxima segunda-feira (3), após três anos dividindo a bancada com William Bonner. Nesse dia, passará o bastão para Renata Vasconcelos, apresentadora do Fantástico. Embora a Globo tenha anunciado que a saída da jornalista, que terá um programa vespertino de variedades em 2015, já estava prevista, a versão não foi digerida nos bastidores. Para jornalistas da emissora, ela caiu. As gafes e os erros durante a passagem pelo JN aceleraram a fritura de Poeta.

Dentro da Globo, Patrícia Poeta não foi bem nas entrevistas com os candidatos à Presidência da República, em agosto, demonstrando desconforto e irritação durante as sabatinas, especialmente com Marina Silva. Outros erros mancharam a trajetória de Poeta no JN. A bufada no ar, em 2 de junho, e a saída da bancada antes de o telejornal terminar, em dezembro de 2013, são alguns exemplos.

Relembre os cinco piores micos, erros e gafes de Patrícia Poeta à frente do Jornal Nacional:

1) Bufada no ar

Poeta acompanhava com Galvão Bueno a preparação da seleção brasileira para a Copa do Mundo. Em 2 de junho, os dois apresentaram o JN em Goiânia, no hotel onde o time estava hospedado para um amistoso. Na volta do intervalo, Patrícia Poeta bufou no ar, dando a impressão de chateação, tédio e irritação. No dia seguinte, após a repercussão negativa da gafe, William Bonner defendeu a colega no ar e explicou que ela estava fazendo um exercício de aquecimento vocal.

2) Saída da bancada

Em 10 de dezembro de 2013, o Jornal Nacional terminou com a imagem da bancada, e não do estúdio-redação, como é de costume. Sem saber, Patrícia Poeta não esperou o telejornal acabar e levantou-se para tirar o microfone e deixar a bancada, enquanto William Bonner continuou sentado. Ela percebeu o erro e sentou-se novamente, sem jeito. A cena repercutiu entre os telespectadores nas redes sociais.

3) Troca de jogos da Copa

Patrícia Poeta apresentava o Jornal Nacional na Granja Comary, centro de treinamento da seleção brasileira, em Teresópolis (RJ), em 9 de junho. No encerramento do telejornal, confundiu o adversário do Brasil na abertura da Copa do Mundo, principal jogo do torneio até então. Trocou a Croácia pela Sérvia, que havia enfrentado o time brasileiro no dia 6, em um amistoso. William Bonner defendeu a colega, mas a cutucou no ar dizendo que ela estava nervosa.

4) Jornal Nacional ou da Globo?

No encerramento do JN de 2 de agosto de 2013, Patrícia Poeta confundiu Jornal da Globo com Jornal Nacional, que ela acabara de apresentar. "O Jornal Nacional começa logo depois de Saramandaia". Foi repreendida por William Bonner, que terminou o telejornal às gargalhadas com o erro da colega.

5) Irritação com Marina Silva

O fraco desempenho de Patrícia Poeta nas entrevistas com os candidatos à Presidência da República é apontado nos bastidores da Globo como um dos motivos da saída dela do JN. Com Marina Silva, em 27 de agosto, demonstrou irritação quando a presidenciável disse nas entrelinhas que a jornalista era desinformada. "Talvez você não conheça bem a minha trajetória", disse a candidata. Poeta retrucou rapidamente em seguida: "Conheço, conheço". Porém, Marina Silva cortou a jornalista: "Mas eu faço questão de dizer porque acho que você tem um certo desconhecimento".


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

 

 

Enquete

Quem deve ter o pior final em Deus Salve o Rei?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook