Exathlon Brasil

Participantes de reality usam repelente contra mau cheiro e 'pecam' com porco

Ayhan Yıldız/Exathlon

Maurren Maggi (no primeiro plano) enfrenta Carolina Almeida: repelente previne mau cheiro - Ayhan Yıldız/Exathlon

Maurren Maggi (no primeiro plano) enfrenta Carolina Almeida: repelente previne mau cheiro

LUCIANO GUARALDO, em Las Terrenas (República Dominicana) - Publicado em 12/11/2017, às 08h51

Quem assiste ao Exathlon Brasil não faz ideia do que acontece nos bastidores. Como o fato de os participantes do reality da Band usarem repelente como desodorante e protetor solar para hidratar a pele. Ou a confusão de idiomas na equipe de produção, em que quatro línguas são faladas simultaneamente, em uma Torre de Babel da vida real. Para boa parte dos profissionais da atração, comer feijoada é uma ofensa a Deus.

Uma equipe de aproximadamente 300 pessoas trabalha na República Dominicana, onde o reality é gravado. Entre eles, há brasileiros, argentinos, turcos, chilenos e mexicanos, além dos próprios dominicanos. Assim, a comunicação é feita em diferentes línguas o tempo todo.

Em uma gravação acompanhada pelo Notícias da TV, o switcher (cabine de comando das gravações) era operado por um turco, que falava em seu idioma com os operadores de câmera. Ao seu lado, uma assistente de direção brasileira passava instruções ao apresentador Luís Ernesto Lacombe pelo ponto eletrônico em português, enquanto o diretor argentino Pablo Mazover fazia comentários em espanhol.

Um portunhol bem enrolado é essencial para que os brasileiros se entendam com os latinos; com a equipe da Turquia (país que criou o formato do Exathlon), a comunicação é toda em inglês. Não é incomum ouvir conversas na mesa de comando que começam em português, misturam palavras em espanhol e acabam em inglês. E, de alguma forma, todos se compreendem no fim.

Já o uso do repelente como desodorante se deve às restrições enfrentadas pelos participantes do jogo: isolados e em condições extremas, eles não têm acesso a produtos considerados supérfluos, como xampu. A comida também é restrita.

Assim, improvisam com o que conseguem: como mosquitos, pernilongos e borrachudos são muito presentes na região, a disponibilidade de repelente é mais flexível. O mesmo vale para o protetor solar, já que o calor caribenho é doloroso. Até um garfo foi improvisado como pente para cabelos.

Semana diferente
Apesar de o Exathlon ser exibido pela Band de segunda a sexta, o esquema de gravações segue uma rotina diferente: elas acontecem entre sexta e terça, todos os dias. Assim, o "fim de semana" da equipe não é no sábado ou domingo, mas na quarta e na quinta.

A correria dos bastidores rende alguns luxos para os trabalhadores, que têm uma vida bem mais tranquila que os participantes do reality: no condomínio onde moram, eles são atendidos por uma equipe que cuida da limpeza das casas, da lavagem das roupas e até da troca dos lençóis.

Outra curiosidade enfrentada pela equipe é alimentícia: como a maior parte da população turca é muçulmana, o consumo da carne de porco é banido. E a proibição foi levada com a equipe da Turquia até a República Dominicana. 

Os turcos levam a fé tão a sério que, em uma prova do Exathlon que premiou a equipe vencedora com uma feijoada, panelas e utensílios usados na preparação da refeição tiveram que ser marcados para que não fossem utilizados nunca mais.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Crimes na floresta

Ciro Guerra recebe Prêmio Fênix pela direção do filme Abraço da Serpente, de 2015 - Reprodução A Netflix anunciou que fará uma série ambientada na floresta amazônica. Ainda sem nome definido, a produção se passará na fronteira da Colômbia com o Brasil e mostrará um jovem detetive e seu parceiro durante ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Você pretende assistir Apocalipse, nova novela da Record?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook