Jornalismo

Nos bastidores, Globo tem outra versão para a saída de Carla Vilhena: demissão

Reprodução/Carlavilhena.com.br

Carla Vilhena exibe o look do dia durante viagem a Portugal em post publicado em novembro - Reprodução/Carlavilhena.com.br

Carla Vilhena exibe o look do dia durante viagem a Portugal em post publicado em novembro

DANIEL CASTRO e FERNANDA LOPES - Publicado em 16/01/2018, às 06h30

Quase ninguém nos bastidores da Globo comprou a versão de que a jornalista Carla Vilhena decidiu não renovar contrato com a emissora para se dedicar a um blog em que publica looks do dia, resenhas de viagens e receitas culinárias.

Fontes bem informadas não têm dúvidas: Carla foi alertada de que não teria seu contrato renovado e decidiu ela mesma fazer o anúncio, na última sexta (12), de uma forma glamourosa. A Globo teria concordado com a estratégia, como uma concessão para uma saída honrosa.

Ex-apresentadora do Jornal Hoje e do antigo SPTV, Carla estava em baixa na emissora desde 2013, quando teve de entregar o Bom Dia São Paulo para Rodrigo Bocardi. Passou a ser repórter especial do Fantástico, mas era considerada cara e pouco produtiva.

No último semestre, apareceu em apenas três reportagens do Fantástico e, na média, deu um plantão por mês no Jornal Nacional. Tirou férias duas vezes (entre julho e agosto e entre outubro e novembro).

O lançamento de seu blog, em junho de 2016, foi interpretado por jornalistas da casa como um sinal de que ela previa uma ruptura de contrato, já que a emissora não se dá mais ao luxo de manter profissionais pouco produtivos.

Também chamou a atenção nas rodas de conversas da Globo o e-mail de "despedida" de Ali Kamel, diretor-geral de Jornalismo. O executivo, que não economiza elogios ao comunicar a saída de jornalistas tarimbados, foi econômico com Carla. Limitou-se a repassar o e-mail em que a ex-apresentadora anunciou a ruptura (leia aqui) e a alguns poucos comentários:

"Querida Carla, estou já copiando aqui o seu e-mail abaixo para todos os colegas, como você me pede. E aproveito para responder. É verdade, eu conheço sua dedicação ao blog desde que ele nasceu. E sempre soube de sua intenção de se dedicar mais a ele e ampliá-lo. Tenho certeza de que será um sucesso, como tudo o que você faz. Muito obrigado por tudo. Grande beijo", escreveu o chefe do Jornalismo da Globo.

Kamel foi bem mais generoso com William Waack. Em 21 de dezembro, ao anunciar o rompimento de contrato com o âncora do Jornal da Globo por causa de uma rumorosa declaração racista, o executivo assinou nota à imprensa em que reiterava "a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV Globo e ao brasileiro" e agradecia pelos "anos de colaboração".

Se quiser sobreviver com o blog, Carla Vilhena terá que trabalhar mais. Apesar da alegada "dedicação", os textos da jornalista são raros. Antes de anunciar sua saída da Globo, na última sexta, seu post anterior era de 22 de novembro. Nele, explicava porque estivera tanto tempo ausente _sob o título "Voltei, gente!", contava sobre sua lua de mel tardia com o atual marido.

Em setembro, um dos meses em que mais se "dedicou" ao blog em 2017, Carla publicou três textos: uma receita de carne louca, dicas sobre moda para este verão e um ensaio de roupa de praia. Seus textos são curtos e sempre ilustrados com muitas fotos suas, posadas, em diferentes figurinos e maquiagens.

Para ganhar dinheiro, Carla terá de se abrir para a publicidade. Não há anúncios no blog. Há apenas um texto, de agosto último, que parece ser um "publieditorial" de um hotel, o que confrontaria totalmente as normas de conduta dos jornalistas da Globo.

Se Carla realmente "ampliar" suas atividades como blogueira, será a terceira jornalista da Globo que se abre para a publicidade em apenas seis meses. Antes dela, o fizeram Mara Luquet e Evaristo Costa.

Procuradas por e-mail, Globo e Carla Vilhena não se manifestaram até a conclusão deste texto.

 

 

Enquete

O que você está achando de Segundo Sol?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook